Temas de Capa

Por terras de Pó…

Por terras de Pó-canada-mileniostadium
Crédito: Dominic Robinson

Muito bom dia,

Mais uma sexta-feira. Já na reta final de mais um mês.  Esperamos tanto pelo bom tempo e, quase que num ápice, apaga-se. Faz-se Pó.

Cá estamos.  Esperançosos, com saúde, também assim o desejo para vós.  E vivendo situações inimagináveis e muito preocupantes.

Quisera eu poder entrar na cabecita daquela pessoa, um jovem adulto de apenas 20 anos, e já movido por tanto ódio, tanto desdém. Porquê? Como é que esta criatura foi formada pelos pais? Será possível que, em pleno século XXI, ainda exista tanto disto?

20 anos. Não posso crer. Calhou que odeia os muçulmanos e se odiasse os portugueses, ou italianos ou seja lá a etnia que for, por terem ideias diferentes e outras crenças político-religiosas? Porquê aquela família? Já estaria na mira de tanta maldade?

Pois, é o que é e vale mesmo o que vale.  Jamais saberemos quem evitar, nem tão pouco o que as pessoas pensam e sentem. Não concordo com o MP Jagmeet Singh, líder do Novo Partido Democrático desde 2017, quando opinou que toda a comunidade islâmica se encontrava sob ameaça no nosso país. Cuidado amigo, acorde para a vida. Estamos todos e sempre em perigo. Não sabemos quem nos rodeia. Nem a bondade ou a maldade que carregam na mente, nem no coração.  Espetáculo governamental e mediático.  Sim. Um pouco. Fica a questão – quem vai cuidar do pequeno de nove anos que, por um raio de esperança, escapou a este horrífico ato? Essa sim deveria ser uma preocupação.  Para além de já se terem angariado largas centenas de milhares de dólares para que tenha um “futuro” mais risonho.  Também aí o extremo. Alguém se vai apoderar desses fundos e ele tem a vida toda pela frente até poder ser autónomo. 

Pó. Terras de pó.  O Canadá que abre os braços a todas as culturas, inclusive a terroristas, que muitas das vezes e, neste caso, são filhos desta mesma nação. Abrir os olhos e deixar a fantochada política de parte.

Vamos continuar pois a seguir os conselhos da Direção Geral de Saúde, vacine-se, vá lavando as mãos com a maior frequência possível e vá usando a sua máscara. Quanto a ajuntamentos… Q.B.  (Quanto baste), utilizando o seu senso comum.  Tudo em prol de um futuro mais risonho.

Fiquem bem,

Até já,

Cristina DaCosta/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER