Portugal

Suspeito da morte de Mota JR raptado dias após o crime

Suspeito da morte de Mota JR raptado dias após o crime - milenio stadium - portugal
O rapper Mota JR tinha 28 anos quando foi assassinado à porta de casa, no Cacém, a 14 de março de 2020

Jovem foi torturado por amigos do rapper por acreditar que participara no crime, mas suspeitas foram entretanto afastadas pelo Ministério Público. Polícia Judiciária está a investigar.

Um jovem considerado suspeito no envolvimento da morte do rapper Mota JR, pelos amigos do músico, foi raptado poucos dias depois do crime e agredido violentamente durante horas numa casa.

A vítima foi raptada na via pública, em Lisboa, e levada numa viatura para uma casa, onde foi fechada num armário e espancada com um pau de vassoura. A participação do jovem na morte do rapper foi entretanto afastada pelo Ministério Público (MP) e a Polícia Judiciária (PJ) está a investigar na tentativa de identificar os autores do rapto.

Os suspeitos queriam vingar a morte do rapper Mota JR, vítima de uma cilada mortal à porta de casa no concelho de Sintra e deixado na Serra da Arrábida, em Setúbal. O corpo ainda não tinha aparecido no dia do rapto do jovem, mas já circulavam nas redes sociais as fotografias dos autores do crime.

Leia mais no JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER