Viagens

TAP fará “entrevistas de segurança” em viagens para os Estados Unidos

Os passageiros da companhia aérea portuguesa vão ter de ser sujeitos a uma “entrevista de segurança” já a partir desta quinta-feira. Esta é uma imposição das autoridades norte-americanos.

A partir desta quinta-feira os passageiros da TAP que voem para território norte-americano vão passar a ser questionados antes de embarcarem. Esta é uma exigência das autoridades norte-americanas, confirmou a TAP ao ECO. A “entrevista de segurança” será realizada em conjunto com a PSP.

“De forma a cumprir com as novas exigências de segurança das autoridades dos EUA, todos os passageiros que embarquem tendo como destino qualquer cidade dos EUA serão submetidos, a partir de amanhã, dia 26 de outubro, a uma ‘entrevista de segurança’, realizada em conjunto com a PSP”, explica fonte oficial da transportadora aérea.

As entrevistas deverão ser curtas para não atrasar o voo. Não existe nenhuma indicação, para já, para os passageiros chegaram mais cedo ao aeroporto neste tipo de voos.

Esta é uma exigência de Washington que apertou as regras para todos os passageiros que aterrem nos Estados Unidos. Foram várias as companhias aéreas — Air France, Emirates ou a Lufthansa — a anunciar esta quarta-feira que vão começar a fazer perguntas de segurança aos passageiros antes de embarcarem para os EUA.

Segundo a Reuters, estas medidas servem para evitar que se proíba o transporte de portáteis dentro do avião, uma proibição que esteve em cima da mesa nos últimos meses.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER