Saúde & Bem-estar

Correr atrás do prejuízo

prejuízo 0765- milenio stadium

 

A quadra natalícia é recheada de amor, partilha, bons momentos passados em família… e também de muitos excessos! As duas últimas semanas do ano são, por norma, sinónimo de abundância de alimentos – e são raros os pratos que se podem considerar saudáveis!

Quem é que consegue dizer que não, por exemplo, aos doces típicos desta época, tais como as rabanadas, a aletria, o tronco de Natal ou os sonhos? A “sonhar” com o que deveríamos não ter comido ficamos nós nos dias seguintes, não é verdade? Mas agora não vale a pena chorar sobre o vinho, a ginja e o champanhe derramado… quer dizer, o leite!

A sabedoria popular diz que “o que não tem remédio, remediado está”, mas neste caso ainda há “solução”.
Não há como negar que as festividades nos levam a cometer alguns pecados, mas isso também faz parte do processo de aproveitarmos a vida e os momentos felizes e em família que ela nos proporciona. Dito isto, e sabendo que foi bom enquanto durou, há agora que – literalmente – correr atrás do prejuízo.
São muitas e boas as formas que temos para fazermos um “reset” e acabarmos com a sensação de barriga inchada, falta de energia, noites mal dormidas e até daqueles quilinhos que apareceram a mais na balança!

TENTO NA BOCA

Já não é novidade que termos cuidado com aquilo que comemos é mais do que meio caminho andado para recuperarmos não só o nosso peso ideal como também a nossa saúde e bem-estar. Depois de uma temporada de comidas ricas em gorduras e açúcar podemos e devemos evitar ingerir produtos com glúten e outros cereais, alimentos e produtos lácteos (como o leite, iogurtes e queijo) e ainda carne vermelha. Devemos então dar prioridade a outras fontes de proteína, tais como cogumelos (reishi, shitake, maitake), preparados de proteína vegetal (proteína de cânhamo, de amêndoa, de ervilha) ou ovos.

O nosso prato deve ser composto maioritariamente por vegetais: podem optar por, na mesma refeição, incluir diferentes versões de hortícolas – cruas, cozinhadas a vapor ou até salteadas.

Azeite, óleo de coco, sementes, abacate, frutos secos e ovos são as fontes de gordura mais aconselhadas e deve ser adicionada a menor quantidade de sal possível na preparação das refeições: apostem nas especiarias!
Finalmente, a fruta deverá ser limitada a duas peças por dia, sendo consumida de preferência à tarde.

JEJUM INTERMITENTE

É uma prática que tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos, já que para além de ajudar a fortalecer o sistema imunológico, melhorar o humor e a agilidade mental e prevenir o envelhecimento precoce também potencia a queima de gordura corporal, promovendo assim a perda de peso.

Caso nunca o tenham feito, o ideal será começarem aos poucos para perceberem como é que o vosso corpo reage e se se consegue adaptar.

Se chegarem à conclusão que estão confortáveis em avançar, experimentem fazer um jejum de pelo menos 16 horas diárias: podem, por exemplo, jantar às 20h e tomar um pequeno-almoço – ou um brunch – ao meio-dia do dia seguinte.

No período entre as duas refeições é permitido beber água e chás.

MUITA ÁGUA

É sempre importante e em alturas em que cometemos excessos ainda mais: 1,5 a 2 litros de água por dia é a porção ideal para nos mantermos devidamente hidratados. Podem também optar por água naturalmente aromatizada, chá e tisanas ou até caldos.

MEXER O CORPO

Será que uma das vossas resoluções de ano novo passa por voltar a praticar exercício ou finalmente ganhar coragem para fazer a inscrição num ginásio? Este é o vosso sinal para seguirem em frente!

Quer estejam a manter ou a iniciar um estilo de vida mais saudável e ativo, aproveitem para realizar uma atividade que vos faça transpirar. E isso pode ser feito dentro ou fora de casa – 20 a 30 minutos de corrida ou caminhada ou uma série de exercícios de tonificação muscular (há imensos vídeos que podem seguir no YouTube) com certeza vão ser muito eficientes!

Não esquecer que a prática de exercício físico não deve ser um “martírio”: encontrem uma atividade que realmente vos dê prazer, ajude a relaxar e aumente a vossa autoestima.

Vão ver que todo o processo se torna imediatamente mais fácil e agradável!

TORNAR O QUE É SAUDÁVEL NUM HÁBITO

Se tudo o que leram até aqui já fizer parte do vosso dia a dia com certeza será mais fácil resistir à tentação em épocas festivas ou recuperar dos excessos.

Aproveitem este ano que agora começa para, caso ainda não o façam, iniciarem um estilo de vida mais saudável.
Os resultados não tardarão a aparecer!

Inês Barbosa/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER