Augusto Bandeira

Quentes e boas! Quentinhas e a estalarem cinzentas na brasa

Quentes e boas! Quentinhas-portugal-mileniostasium
Créditos: Emre

Vai-se à adega e prova-se o vinho, jeropiga ou água-pé, tradições do dia de São Martinho.

Uma tradição que manda que se comam nesta altura de São Martinho, mas é no outono e início de inverno que elas sabem bem. Quem não se lembra de ver, em dias de feira na região do Minho, o carrinho assador de castanhas que encaixava na perfeição nos dias frios? As castanhas, cinzentas, com a casca estaladiça, e os senhores que gritavam – “olha o cartuxo com quentes e boas”! Eram dias cinzentos, mas alegres. Com sabedoria lá colocavam, como manda a tradição, sete castanhas no cartuxo, sete porque dizem que não se deve comer mais de sete que é equivalente a um palmo.

A castanha é um fruto que está cada vez mais presente à mesa. Recuperou-se a tradição de outros tempos, em que as castanhas substituíam os cereais no acompanhamento das principais refeições. Hoje a castanha acompanha pratos típicos como rojões, entre outros, e até se fazem doces. Aquela imagem que se via do fumo cinzento com o som das castanhas a crepitar ao lume, as mãos de quem com experiência sabia agitar o assador, não só nas feiras, mas até nas ruas. Ainda se consegue encontrar os fogareiros e nesta altura são mais os turistas que correm para se deliciarem com um cartuxo de castanhas. Há quem as venda às meias dúzias. Que bonitas as tradições que muitos de nós vivemos e que se tendem a perder com as novas tecnologias. Haja alguém que continue com as tradições, é para isso que servem as associações – dar continuidade às tradições das nossas regiões. Pelos vistos, por estes lados, a pouco e pouco perde-se tudo.

Prova-se o vinho, água-pé e jeropiga, mete-se o batoque no pipo depois de provar o vinho, os antigos o diziam, “vou batocar depois de provar” que era meter a rolha no pipo para o vinho repousar mais algum tempo antes de se começar a beber. Vinho que, com qualidade e em moderação, até faz bem à saúde, é rico em ação antioxidante, protetor do desenvolvimento de problemas cardíacos, isto segundo estudos feitos, mas vamos com moderação. Ajuda aquecer o nosso corpo e a muitos a esquecer. (risos) Um bom copo cai muito bem com as castanhas, estas que são ricas em minerais e hidratos de carbono. Vinho e castanhas recomenda-se a pessoas nervosas porque ajudam a manter o sistema nervoso saudável, mas repito: comam e bebam com moderação. É na altura do São Martinho que elas sabem bem e o vinho está bom, se está a pensar dar um passeio ao ar livre a pé, leve consigo umas castanhas para deixar na rua aquele cheirinho a castanhas assadas.

Mas não há duas sem três, depois de um copo e umas castanhas nada melhor que terminar com um bom café. Se as castanhas ajudam a manter o sistema nervoso controlado, o café não fica atrás, há quem diga que café faz muito mal, mas a maioria acredita que ajuda e que uma pausa para o café motiva mais as pessoas, dá mais ânimo e daí mais produtividade, por isso que a maioria das empresas colocam café à disposição dos seus colaboradores. Não é por acaso que é a segunda bebida mais bebida no mundo. O café além de não fazer mal, melhora o humor das pessoas e alivia o stress, há quem diga que até ajuda a melhorar a memória, as pessoas ficam mais atentas a tudo, isto com estudos feitos nos Estados Unidos e Portugal. Só acredita em estudos quem quer. Entendidos na saúde dizem que o café ajuda a evitar os riscos de certos cancros. Eu próprio um dia falava com alguém ligado à saúde que dizia que tudo faz bem, mas também tudo faz mal, tudo depende como é consumido, podemos comer e beber de tudo sempre com moderação.

Agora não se esqueça, depois de comer umas castanhas, beber um copo que pode ser de vinho, jeropiga ou água-pé não deixe de tomar o seu café.

Espero que tenham passado um bom dia de São Martinho acompanhado de três boas coisas – castanhas, vinho e café.

Bom fim de semana.

Augusto Bandeira/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER