Temas de CapaBlog

Vox Pop – Medo

voxpop-milenio-capa

Do que você tem medo? Da morte, da violência, do desconhecido, de uma possível guerra nuclear (os últimos acontecimentos mundiais tornam essa possibilidade cada vez mais real), de doenças, de perder o emprego, de espíritos, de andar de avião, falar em  público ou de baratas?

A verdade é que, mesmo que alguns tenham receio em admitir, todos nós carregamos conosco diversos medos de diferentes tamanhos e complexidades. Alguns têm impactos menores em nossas vidas e outros, se não forem tratados ou superados, podem ser incapacitantes e provocar graves consequências.

Nessa edição do Milénio Stadium em que tratamos desse tema tão complexo, os medos das pessoas, resolvemos perguntar a alguns integrantes da comunidade lusófona o que lhes mete medo e como convivem com isso ou o quanto esses temores já atrapalharam ou dificultaram suas vidas e o que fazem para contornar essa situação. Confira!

Lizandra Ongaratto/ MS

Márcia Reis – 33 anos

1- Do que você tem medo?

Só a palavra medo, já traz com ela um certo peso, que acaba me trazendo o medo. Infelizmente, nos dias atuais em que vivemos, as coisas tristes e tragédias que presenciamos constantemente, acaba nos trazendo este sentimento de medo e a sensação de que a qualquer momento alguma coisa ruim pode acontecer. Diante de tudo, meu maior medo é perder as pessoas que amo, algum membro da família.

2-O medo já lhe impediu de fazer algo? Por exemplo, concretizar algum plano, fazer uma viagem, mudar de emprego, etc.?

Não, o medo nunca me impediu de fazer nada.

3- Quais estratégias você usa para lidar com momentos/situações de medo?

Tento não pensar nestas situações, pois se deixarmos nossa mente e nossos sentimentos tomarem conta do nosso ser, o medo será paralisante.

4- Já precisou buscar algum tipo de ajuda para lidar com seus medos?

Nunca precisei buscar ajuda para lidar com os meus medos, sempre tentei estar no controle das minhas emoções e com relação ao medo, consegui administrar até agora.

5-Consegue ver algum lado positivo nessa sensação?

Não vejo nada de positivo nesta situação, pelo menos no caso dos meus medos.


Gustavo Henrique – 45 anos

1- Do que você tem medo?

Tento não pensar na palavra medo. Tento não ter medo de nada, pois acredito que ter medo de alguma coisa pode acabar atraindo aquilo que temo. Quando sinto que algum sentimento de medo quer tirar minha paz, tento compreender o porquê daquele sentimento e trabalho minha mente de forma a dissolver este medo. Considero que não tenho medo de nada, altura, bichos, morrer…. tenho algumas preocupações, não medo.

2- O medo já lhe impediu de fazer algo? Por exemplo, concretizar algum plano, fazer uma viagem, mudar de emprego, etc.?

Não, absolutamente.

3- Quais estratégias você usa para lidar com momentos/situações de medo?

Como não tenho medo de nada, ou melhor, como aprendi a não temer nada, quando sinto que algo me incomoda a ponto de vir a sensação de medo, faço uma oração a Deus e peço que me ajude a tirar este sentimento de mim. Minha estratégia é a oração.

4- Já precisou buscar algum tipo de ajuda para lidar com seus medos?

Não, minha ajuda sempre veio da minha fé em Deus e das minhas orações a Ele.

5-Consegue ver algum lado positivo nessa sensação?

O medo em algumas situações faz você ser mais prudente, por exemplo, se você tem medo do mar, ao ir para praia, você não vai no fundo, isto será bom, pois não correrá o risco de se afogar. Dependendo da sua personalidade e do seu gosto pessoal, o medo vai te frear e impedir que faça alguma loucura e coloque sua vida em risco.


Priscila Petricci – 23 anos

1- Do que você tem medo?

Nossa, tenho tantos medos. Depois desta pandemia então, tenho medo que comece tudo novamente, tenho medo de ficar doente, tenho medo dos meus pais ou alguém da família morrer; tenho medo que o mundo acabe em guerra e nunca mais tenhamos uma vida normal; tenho medo das pessoas malucas que de repente possam ser desequilibradas e fazer algo ruim, são muitos medos.

2-O medo já lhe impediu de fazer algo? Por exemplo, concretizar algum plano, fazer uma viagem, mudar de emprego, etc.?

Ainda não deixei de fazer nada por causa do medo, mas muitas vezes as incertezas me fazem pensar um pouco mais, mas até hoje, tudo que quis fazer, fiz com medo mesmo.

3-Quais estratégias você usa para lidar com momentos/situações de medo?

Não tenho estratégia nenhuma, quando sinto medo, fico com medo e muitas vezes entro em ansiedade, pânico e fico horas e às vezes dias com aquele sentimento que muitas vezes corrói, paralisa. Depois passa, mas é muito ruim.

4- Já precisou buscar algum tipo de ajuda para lidar com seus medos?

Sim, há pouco tempo procurei ajuda psicológica para entender e saber administrar o que se passa quando entro neste estado de desequilíbrio e saber lidar com isto. Estou indo bem, mas acho que tenho um longo caminho pela frente.

5- Consegue ver algum lado positivo nessa sensação?

No meu caso, não vejo nada de positivo, pois é algo paralisante, acho que já estou em outro nível do medo, o pânico, e isto não é nada agradável e não ajuda em nada, pelo contrário, mal consigo raciocinar ou sair do lugar.


Roberta Freits, 50 anos

1- Do que você tem medo?

De ficar doente e não conseguir me cuidar. Outro medo é de morrer e ninguém ficar sabendo, pois moro sozinha.

2-O medo já lhe impediu de fazer algo? Por exemplo, concretizar algum plano, fazer uma viagem, mudar de emprego, etc.?

Sim. Mudar de cidade e enfrentar um novo desafio, o de “começar tudo de novo”. Viajar nunca me deu medo, muito pelo contrário, sempre me dá coragem.

3-Quais estratégias você usa para lidar com momentos/situações de medo?

Tenho medo de falar em público, na verdade tenho pânico e vergonha de impor a minha opinião e sei que muitas vezes poderia ajudar em alguma questão.

4-Já precisou buscar algum tipo de ajuda para lidar com seus medos?

Tive síndrome do pânico por cinco anos. Fui tratada por psiquiatra, medicamento e terapia acompanhada de yoga três vezes por semana. Meu pânico aconteceu do nada, tive que parar de fazer meu esporte radical e me tratar. Fiz exames variados e os médicos em poucos meses diagnosticaram-me, associaram o meu problema com a síndrome do pânico.

5-Consegue ver algum lado positivo nessa sensação?

Sim. Sempre tem uma solução. Certifiquei que profissionais na área ajudam-nos a eliminar este problema que é o medo. Ainda vou vencer o problema de falar em público.


Walesca Cupples, 40 anos

1-Do que você tem medo?

Tenho medo de ficar muito doente ou debilitada ou de morrer e não conseguir mais cuidar do meu filho.

2-O medo já lhe impediu de fazer algo? Por exemplo, concretizar algum plano, fazer uma viagem, mudar de emprego, etc.?

Já deixei de fazer passeio de helicóptero. Preferi dirigir durante 8 horas.

3-Quais estratégias que usa para lidar com momentos/situações de medo?

Meditação e algumas técnicas de respiração.

4-Já precisou buscar algum tipo de ajuda para lidar com seus medos?

Sim. Já fiz sessões de terapia para tratar situações traumáticas como acidentes que sofri e ansiedade.

5-Consegue ver algum lado positivo nessa sensação?

Acredito que o único lado bom seja que o medo me faz viver a vida com mais cuidado. O que tem seu lado bom, mas também tem seu lado ruim.


Marcos C. Azeredo, 57 anos

1- Do que você tem medo?

De que algo ruim aconteça comigo ou com as pessoas que eu amo, por exemplo meus filhos.

2-O medo já lhe impediu de fazer algo? Por exemplo, concretizar algum plano, fazer uma viagem, mudar de emprego, etc. 

Pequenas coisas já, mas decisões mais importantes não. Fui com medo mesmo.

3-Quais estratégias você usa para lidar com momentos/situações de medo?

Tentar respirar fundo, me acalmar, analisar mais friamente a situação e perceber se é necessária toda aquela tensão ou apreensão mesmo. E rezar me acalma também.

4-Já precisou buscar algum tipo de ajuda para lidar com seus medos?

Já. Psicoterapia. Faz muito bem para analisarmos nossos comportamentos e saber lidar com eles.

5-Consegue ver algum lado positivo nessa sensação?

Consigo, acho importante que tenhamos medo, é uma proteção para nós mesmos, mas na medida exata, quando o medo é muito intenso acho que só atrapalha mesmo.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER