Editorial

Horizontes – 2023

horizontes - milenio stadium

 

O mundo é uma bola de cristal rachada o que dificulta a visualização de 2023 e o que reserva para as nossas vidas. Entrando no novo ano, as populações do mundo lidam com muitos desafios, a maioria das quais foram criados por guerras e mudanças climáticas, contudo, esses dois fatores são apenas um sintoma dos problemas e conflitos emergentes que os cidadãos irão enfrentar em 2023.

Já que a guerra parece ser o motor dos conflitos e dificuldades mundiais, deve ser adotada uma abordagem para diminuir a sua escalada. Não se pode permitir que um reles ditador governe o resto de nós enquanto democracias que sugerem que somos melhores permitem que o conflito se estenda e garantem que muitas indústrias se beneficiem da guerra.

Sou da opinião de que os conflitos mais sérios serão na Ásia, quando a China, a Coreia do Norte e outras autocracias procuram desculpas para encobrir os seus outros fracassos. De repente, o governo autocrático promovido por Xi Ping não é um exemplo de política perfeccionista e com tantos estalinistas a governar o mundo ao mesmo tempo, há motivo para preocupação em 2023.

O que devemos procurar no Canadá em 2023? Muitos diriam que estamos no início do fim da estrutura política como a conhecemos, pois os políticos de todo o país navegam em posições de interesse próprio para ganho pessoal, sugerindo que a governação pode ser melhor se o país estiver dividido. A nossa democracia está em perigo se permitirmos que prevaleça a incompetência do nosso sistema político, que se transformaria em algo muito maior. Talvez essas sejam as reclamações de um cidadão (eu) que vê o mundo a mover-se numa direção negativa enquanto os ventos do discurso atingem a sociedade. Espero que os meus pontos de vista estejam errados, mas à medida que o cenário de desconfiança se expande, a propagação do negativismo apoderar-se-á daqueles que até agora tinham alguma esperança. Em 2022, os bilionários perderam um total de $3 triliões de dólares e empresas como a Tesla estão a começar a diminuir o seu número de funcionários. O que diz isso sobre o futuro dos oligarcas ocidentais e como eles controlam as nossas vidas? Talvez 2023 seja o ano em que olhamos para dentro e controlamos melhor as nossas vidas e tomamos as medidas necessárias para nos proteger. O círculo que adotámos para a nossa saúde mental está a tornar-se menor à medida que diminui a confiança que depositamos nos outros. O meu círculo será muito pequeno no próximo ano, quando eu rever 2022. Muitos estão interessados apenas em cavalgar nas costas do trabalho árduo dos outros para o seu próprio enriquecimento. Ao considerar isso, lembrei-me de uma parte da música de Jimmy Buffet que é:

“Tirei um fim de semana no mês passado
Só para tentar recordar o ano inteiro
Todos os rostos e todos os lugares
Querendo saber onde todos eles desapareceram.
Se de repente tudo acabasse amanhã
Eu poderia de alguma forma me ajustar à queda.
Bons tempos e riquezas e filhos da p*
Eu vi mais do que consigo lembrar”

Outras previsões para 2023 das minhas bolas de cristal rachadas:

  • Justin Trudeau juntar-se-á ao sacerdócio para se livrar dos seus pecados mentirosos.
  • Os cartões comerciais digitais de Trump entrarão em colapso como o FTX, resultando em perdas de milhões.
  • A criptomoeda entrará em colapso completamente. Oh! As lágrimas.
  • O Presidente Biden não procurará uma reeleição porque se esquecerá de se inscrever.
  • Os republicanos encontrarão a sanidade já que todos se irão reformar.
  • Zelensky continuará a ser um orador de Churchill e começará a beber uísque e fumar charutos.
  • As mulheres no Irão, e outros países misóginos, continuarão a protestar contra o velho fanatismo religioso sem nenhuma vitória contra os assassinos egomaníacos.
  • Tiroteios em massa e violência escolar tonar-se-ão mais aceites à medida que os adultos se escondem atrás da sua cobardia para resolver esses problemas.
  • O racismo sempre existiu e continuará em todos os aspetos da sociedade. Vamos parar de comercializar injustiças para obter ganhos.
  • Migração, imigração, refugiados e outros cidadãos ilegais. Do que estão todos a fugir? Veja acima.
  • Recessão, inflação e altas taxas de juros são a nova doença do homem comum. Até os trilionários perdem às vezes.

Nada mudará muito a partir de 2022 porque o mundo está a ser governado pelos mesmos palhaços, então olhe no retrovisor para obter respostas.

Feliz 2023 a todos!

Manuel DaCosta

Editorial in english

Horizons – 2023

The world is a cracked crystal ball making it difficult to visualize 2023 and what it has in store for our lives. Entering the year, the world’s populations are dealing with many challenges, most of which were created by war and climate change, but these two factors are only a symptom of emerging problems and conflicts that citizens will face in 2023.

As the war appears to be the driver of world conflicts and hardship, an approach to deescalate must be adopted. A two-bit dictator cannot be allowed to rule the rest of us while democracies who suggest that we are better, allow the conflict to extend and ensure that many industries benefit from the war.

I’m of the view that the most serious conflicts will be in Asia as China, North Korea and other autocracies look for excuses to obscure their other failures. Suddenly autocratic governance as promoted by Xi Ping is not an example of perfectionist politics and with so many Stalinists governing the world at the same time there is a reason for concern in 2023.

What should we look for in Canada 2023? Many would tell you that we are at the beginning of the end of political structure as we know it as politicians across the country navigate self-interest positions for personal gain while suggesting that governance may be best if the country is divided. Our democracy is in peril if we allow the incompetence of our political system to prevail which would combust into something much bigger. Perhaps these are the rantings of one citizen (me) who sees the world moving in a detractive direction as the winds of discourse are battering society. I hope that my views are wrong, but as the landscape of distrust expands, the propagation of negativism will get a hold of those who up until now had some hope. In 2022, billionaires lost a combined $ 3 trillion dollars and companies such as Tesla are beginning employee layoffs. What does this say for the future of the western oligarchs and how they control our lives? Perhaps 2023 is the year we look inward and control our lives better and take the necessary steps to protect ourselves. The circle we adopt for mental security is becoming smaller as the trust we place in others diminishes. My circle will be very small next year as i review 2022. Many are only interested in riding on the back of others hard work for their own enrichment. In considering this, I was reminded of a Jimmy Buffet song part of which is:

“I took off for a weekend last month
Just to try and recall the whole year
All of the faces and all of the places
Wondering where they all disappeared
If it suddenly all ended tomorrow
I could somehow adjust to the fall
Good times and riches and sons of bitches
I’ve seen more than I can recall”

Some other predictions for 2023 from my cracked crystal balls:

  • Justin Trudeau will join the priesthood to relieve himself of his lying sins.
  • Trump’s digital trading cards will collapse like FTX resulting in millions in losses.
  • Crypto currency will collapse completely. Oh! The tears.
  • President Biden will not seek re-election because he will forget to sign-up.
  • Republicans will find sanity because they will all retire.
  • Zelensky will continue to be a Churchillian orator and start drinking scotch and smoking cigars.
  • Women in Iran and other misogynistic countries will continue to protest against old religious fanaticism without any victories against egomaniac killers.
  • Mass shootings and school violence will become more accepted as adults hide behind their cowardice to solve these issues.
  • Racism has always existed, and it will continue in every aspect of society. Let’s stop marketing perceived injustices for gain.
  • Migration, immigration, refugees and other illegal citizens. What is everyone running from? See above.
    Recession, inflation and high interest rates are the new disease for the common man. Even trillionaires lose sometimes.

Nothing much will change from 2022 because the world is being ruled by the same clowns so look in your rearview for answers.

Happy 2023 everyone!

Manuel DaCosta/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER