Saúde & Bem-estar

Poema de uma existência

Poema de uma existência-saudebemestar-mileniostadium
Créditos: DR.

No fundo somos crianças perdidas no mar

Sem nenhuma chance de vir alguém para resgatar

Será?

Se não ter fé o peso todo vai afundar

Encher de água até a esperança afogar

No mar,

a nadar

com fé

Iemanjá pra boiar

Nadar até não sei aonde.

Poderia falar que um dia vamos chegar

numa ilha bonita com areia branca

coqueiros e pedras, cheio de encantos

repousar na sombra, bendito descanso.

Mas eu sou criança como você.

Que segredo guardam as águas

O medo só cria ilusões

somos crianças no mar

fingindo que tem soluções

Talvez o segredo da vida

como Caeiro dizia

são flores, o sol que se vê

o mistério é uma vaga ilusão.

Não sei deixe levar pelo orgulho

porque ele te afunda bem fundo

Não se deixe levar pela vaidade

porque a vida não terá de você piedade

E deixa a maturidade

que chega com tantos espinhos

Te manter forte e seguindo sem medo do seu caminho

No mar,

a nadar

com fé.

Adriana Marques/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER