Saúde & Bem-estarBlog

Muitos e bons motivos para usar óleo de rícino

Muitos e bons motivos para usar óleo-saude-mileniostadium
Olive oil pouring from old bottle. Crédit: DR.

O mundo da beleza e do bem-estar também é muito de “modas”: uma vez por outra assistimos ao surgimento de diversos produtos que causam grande furor entre um grande número de pessoas. Enquanto alguns não passam da promessa de serem verdadeiros milagres, outros mostram-se realmente eficazes e, por isso mesmo, merecem ser partilhados. É o caso do óleo de rícino!

Este óleo é extraído de uma planta medicinal comum em África e na Índia –  Ricinus communis, também conhecida por Mamona – e o seu sucesso já vem de há mais de 3000 anos atrás, altura em que as mulheres egípcias o utilizavam para hidratar os cabelos. Também chamado de castor oil, ele é rico em ácidos gordos e embora em tempos já tenha sido usado como laxante, não deve ser ingerido devido aos seus elevados níveis de ácido ricinoleico. Vamos então a algumas aplicações práticas? Acreditem que ele pode ser usado literalmente da cabeça aos pés! 

Na pele

Podem usá-lo sozinho ou combinado com o vosso creme e/ou óleos de eleição. Não só tem propriedades hidratantes, como também pode ajudar no processo de cicatrização da pele e a minimizar estrias e vermelhidão. Se sofrem de acne podem também experimentar o óleo de rícino, já que ele tem um efeito adstringente, atuando como anti-inflamatório.

No cabelo

Poderão reparar, ao utilizarem o castor oil no vosso cabelo, que os fios se tornarão mais espessos e bastante mais hidratados: tudo isto devido aos ómegas 6 e 9 e à vitamina E presentes no mesmo, que também ajudam a selar as cutículas e a melhorar o aspeto do cabelo.

É ainda um ótimo aliado no combate à caspa e à oleosidade, graças às suas propriedades antifúngicas – podem, por exemplo, misturá-lo na vossa máscara – e tem a capacidade de estimular o crescimento do cabelo.

Nas sobrancelhas, pestanas,barba e bigode

Aqui o princípio é o mesmo dos fios de cabelo: também aqui eles são fortalecidos, o que pode resultar em sobrancelhas, barbas e bigodes mais fartos e pestanas mais grossas!  No caso das pestanas tenham cuidado ao aplicar o óleo: façam-no sempre com uma escova de máscara de pestanas limpa e deixem atuar durante a noite! 

Nas unhas

Para além de fortalecer as unhas, este óleo auxilia na diminuição de irregularidades e do aspecto quebradiço. Mas não nos ficamos por aqui: é ainda um fantástico hidratante de cutículas!

No relaxamento e alívio de dores

O ácido ricinoleico, ou ómega 9, presente no óleo de rícino, possui uma ação analgésica. Assim, podem utilizá-lo quando necessitarem de fazer uma massagem para aliviar algum tipo de dor ou inflamação muscular, por exemplo.

Inês Barbosa/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER