Desporto

Drama em treino deixa Quintana no hospital a lutar pela vida

Andebol

Drama em treino deixa Quintana no hospital
Quintana tem 32 anos. Foto: Ivan Del Val/Global Imagens

Guarda-redes portista sofre paragem cardiorrespiratória. Situação é muito grave e de prognóstico reservado.

O guarda-redes luso-cubano, Alfredo Quintana, de 32 anos, sofreu uma paragem cardiorrespiratória no treino de ontem (22), do F. C. Porto e, ao início da tarde, deu entrada no Hospital S. João, no Porto, onde se encontra estável na unidade de cuidados intensivos, embora em coma induzido, a lutar pela vida. “A situação é muito grave e o prognóstico reservado”, revelou, ao JN, fonte hospitalar. De acordo com as informações recolhidas pelo nosso jornal, o atleta recuperou a parte cardíaca, mas teve um edema cerebral pelo tempo que esteve em paragem.

Segundo apurou o JN, tudo ocorreu logo no início do treino, quando os jogadores da equipa de andebol se recreavam a jogar futsal, no Dragão Arena. De repente, Quintana caiu inanimado no chão. Numa primeira fase, todos pensaram que era mais uma brincadeira do guarda-redes. Não era. Foi chamado o INEM e o desfibrilador entrou logo em ação. Quintana foi acompanhado, na ambulância, por um elemento do corpo clínico portista.

Ao JN, Augusto Roxo, médico da seleção portuguesa de andebol, explicou que Alfredo Quintana “é um grande atleta também a nível fisiológico”, por isso, mostrou-se surpreendido com esta paragem cardiorrespiratória. “Ele está bem entregue aos cuidados dos colegas do Hospital de S. João”, sublinhou, deixando palavras de “força e esperança” à família do guarda-redes de andebol.

O drama em torno do internacional português ergueu uma onda de solidariedade, com Sporting, Benfica e Federação a passaram mensagens de força. A equipa de futebol azul e branca jogou na Madeira e, antes do início da partida, não passou despercebido o ar de consternação do presidente Pinto da Costa e do médico Nelson Puga. No final, a vitória sobre o Marítimo foi dedicada a Quintana.

“Antes de mais queria mandar um abraço à família do Quintana, dizer-lhe que todos somos poucos para rezar por ele e pedir a Deus que tudo corra pelo melhor”, afirmou Sérgio Conceição. Por tudo isto, o jogo da Champions de andebol, de amanhã, entre o Meshkov Brest e o F. C. Porto, foi adiado para data a determinar.

PERGUNTA E RESPOSTA

O que é uma paragem cardiorrespiratória?

É um acontecimento repentino e consiste na interrupção ou falência súbita das funções cardíaca e respiratória. Consequentemente, a pessoa afetada fica inconsciente, sem sinais de circulação sanguínea e não respira.

Que tipo de sequelas pode deixar uma paragem cardiorrespiratória?

Depende sempre do tempo da paragem. “Todavia, a luta de qualquer pessoa que sofra este tipo de problema tem de ser no sentido de recuperar a vida”, adiantou, ao JN, o médico Domingos Gomes.

JN/MS

 

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER