Canadá

Otava vai deixar de distribuir testes rápidos às províncias e territórios no final de 2022

Otava vai deixar de distribuir testes rápidos às províncias e territórios no final de 2022-Milenio Stadium-Canada
CBC

Otava vai parar de distribuir testes rápidos à COVID-19 pelas províncias e territórios até ao final do ano.

Mas segundo a Agência de Saúde Pública do Canadá o governo federal vai manter uma reserva estratégica de 100 milhões de testes rápidos “como parte da estratégia global de preparação nacional”. Cerca de 50 milhões vão ser reservados para as províncias e territórios, e os restantes 50 milhões vão ser guardados. Desde Outubro de 2020 que o governo federal tem vindo a fornecer testes rápidos gratuitos às províncias e territórios.

 

Testes rápidos à COVID-19-Milenio Stadium-Canada
CBC

Desde que o acesso aos testes PCR se tornou mais difícil os canadianos têm optado pelos testes rápidos. Para uma médica de doenças infecciosas do Hospital da Universidade de Alberta em Edmonton com esta decisão os canadianos também devem deixar de ser obrigados a cumprir quarentena.

Muitas províncias exigem que quem testa positivo para a COVID-19 fique isolado durante 5 dias. Nos últimos meses a Health Canada comprou testes rápidos no valor de $2,5 mil milhões de dólares e distribuiu-os pelas províncias e territórios.

Um relatório apresentado ontem pelo Ministro da Saúde Jean-Yves Duclos na Câmara dos Comuns revelou que Otava gastou mais de $730 milhões entre 4 de Março e 25 de Maio deste ano para comprar mais de 118 milhões de testes durante 3 meses. Cerca de 101 milhões dos testes foram enviados e 17 milhões ficaram armazenados.

Milénio Stadium

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER