Canadá

Canadá pode aprender com outros países sobre descriminalização de drogas pesadas

Canadá pode aprender com outros países sobre descriminalização de drogas pesadas-Milenio Stadium-Canada
The Canadian Press

Quando a Colúmbia Britânica descriminalizar pequenas quantidades de algumas drogas ilegais no próximo ano, o Canadá juntar-se-á a um número crescente de países que deram passos grandes para remover as penalidades pelo uso de drogas.

Ainda assim muitos peritos canadianos em saúde pública querem que o país vá mais longe e substitua as drogas de rua do mercado negro por um abastecimento seguro regulamentado tal como outros países o fizeram.

Otava anunciou na semana passada que a partir de Janeiro os residentes de BC podem ter na sua posse pequenas quantidades de drogas ilegais sem temerem a justiça. Há quem defenda que as drogas podem ser vendidas em farmácias, locais de entretenimento ou dispensários licenciados.

Estónia descriminalizou posse de drogas em 2005 por causa de uma epidemia de fentanil-Milenio Stadium-Canada
Getty Images

Um professor e investigador de política de drogas na Universidade Carnegie Mellon em Pittsburgh diz que se estes modelos vierem a ser adotados o Canadá vai colocado em território desconhecido porque nenhum país foi tão longe.

Muitos países que descriminalizaram as drogas ainda estão a trabalhar para estabelecer locais de consumo supervisionado-Milenio Stadium-Canada
CBC

Em 2001, confrontado com uma crise de mortes por overdose de heroína, Portugal tornou-se o primeiro país do mundo a descriminalizar a posse e uso de todas as drogas ilegais.

Em vez de enviar pessoas para tribunal, o modelo português foca-se na educação, tratamento e redução de danos. Resultado: a taxa de mortalidade relacionada com drogas em Portugal é quatro vezes inferior à média europeia.

O responsável pelo modelo de descriminalização de Portugal diz que o Canadá está a viver algo parecido com a epidemia de heroína de Portugal nos anos 90, o que pode ser na sua opinião uma oportunidade para mudanças.

Milénio Stadium

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER