BlogTemas de Capa

Mulheres livrem-se de tabus

milenio stadium - tabus - mulher

 

Falar sobre sexo, nos dias de hoje, ainda traz muito sentimento de vergonha e culpa. Vivemos numa sociedade onde as mentes são muito fechadas, mas felizmente as coisas têm vindo a melhorar e o sexo feminino tem-se destacado, uma vez que as mulheres já falam sobre o tema sem qualquer pudor. Mas o diálogo entre casais é ainda muito pobre. Sexo deve ser falado, sim! Não deve haver preconceito, pois falar sobre sexo é como falar sobre qualquer outro assunto. Tanto o homem como a mulher devem sempre dizer aquilo que gostam e não gostam. No sexo não há limites, devemos ter sempre uma mente aberta.

A vida sexual não tem de ser somente intimidade física, às vezes basta haver um diálogo sobre sexo onde os parceiros digam tudo aquilo que gostavam de fazer, todos os desejos que têm. Tudo isso é importante. Hoje em dia, há muitas coisas que se podem experimentar, mas muita gente ainda não está preparada. No sexo podemos introduzir brinquedos que tanto o homem como a mulher podem utilizar e ambos podem tirar muita satisfação com isso. Tal como o fazer sexo a três, que ainda é olhado de forma muito negativa, mas deve ser considerado uma coisa normal. Afinal, trata-se de podermos ser livres, podermos experimentar outro nível de prazer. O Swing também já começa a ser muito utilizado entre casais, mas também ainda é tabu para muita gente. Temos de nos mentalizar que cada um é livre de fazer da vida aquilo que bem entender, ninguém deve julgar ou apontar dedos. A vida é demasiado curta para nos preocuparmos com o que as pessoas pensam e deixarmos de vivenciar coisas diferentes. Cada qual tem os seus gostos e preferências. A relação sexual é uma experiência onde há uma troca de prazer e energia e não interessa se é o homem ou a mulher a iniciar o ato. Todos nós gostamos de sentir que somos desejados.

Nenhum casal ou mesmo pessoas solteiras com relações abertas – ninguém se deve acomodar. Devemos sempre ter uma mente aberta, devemos sempre empenhar-nos, nunca olhar para o sexo como uma obrigação. Por vezes sair da rotina também é importante. Afinal, o sexo não é um dos melhores prazeres da vida?

Temos um corpo inteiro por descobrir, existem tantas experiências que se podem viver, a imaginação é o limite! Prazer e satisfação sexual não tem a ver com ter um corpo perfeito, se o seu parceiro/a estão do seu lado é porque o deseja da forma que é. Inseguranças todos temos, mas nós devemos aceitar-nos tal qual somos. A perfeição não existe.

A.B./MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER