Temas de CapaBlog

Prioridade máxima: Proteção dos mais vulneráveis

Prioridade máxima-toronto-mileniostadium
Créditos: DR.

Toronto é uma cidade segura? Muitos dirão que já foi mais, mas a verdade é que os números registados pelos serviços policiais nos apresentam uma realidade que deixa evidente que a resposta a esta pergunta é – sim! Ainda.

É óbvio que com o aumento, relativamente a 2020, de assaltos (+ 981); homicídios (+11); violação sexual (+351); roubos de automóveis (+598) a sensação que fica é de insegurança. No entanto, a realidade é que mesmo com os gráficos a indicarem uma subida global de número de crimes entre 2017 e 2019 (de 35 941, em 2017, para 41 028 em 2019); mesmo compreendendo que a pandemia também influenciou os números mais baixos registados em 2020 e claro, entendendo que, com o retomar de alguma normalidade, se esteja a assistir de novo ao aumento da criminalidade… Toronto, se olharmos para a dimensão demográfica da cidade, é ainda considerada uma cidade segura. Mas é preciso estarmos atentos e acionarmos sistemas que nos possam proteger, ou seja, é necessário perceber que o crescimento deve mudar a forma como vemos (porque também muda a forma como somos vistos) o nosso bairro, a nossa comunidade, a nossa cidade. E é tempo de protegermos mais os que são, por natureza, mais frágeis – os mais velhos e as crianças. Os mais idosos porque se habituaram a uma vida que mudou – já não basta ter a porta fechada apenas no trinco; não podemos acreditar em tudo o que nos dizem, etc. E os mais novos porque a sua inocência turva-lhes a visão e não os deixa ver quem lhes quer mal.

Peter De Quintal, da Toronto Police Service, agora a prestar serviço na divisão Equity, Inclusion and Human Rights, aceitou falar com o Milénio Stadium sobre este assunto e garantiu que Toronto é uma cidade “incrivelmente segura”.

Milénio Stadium: De que modo a polícia cumpre o seu papel de proteção do cidadão? Que tipo de policiamento é feito?

Prioridade máxima-toronto-mileniostadium
P.C. Peter De Quintal 9444, Equity, Inclusion and Human Rights – Toronto Police Service. Créditos: Instagram

Peter De Quintal: O Serviço de Polícia de Toronto está a combater o crime com alguns dos agentes mais experientes do país e a concentrar-se no policiamento comunitário e na resposta crítica. Temos muitas unidades diferentes que fornecem uma variedade de conhecimentos especializados para garantir que Toronto é uma das cidades mais seguras do Canadá, sem falar da América do Norte.

Fazemos policiamento de várias formas, através de muitas das unidades, desde várias que o público pode ver na primeira pessoa, a muitas que podem ser de natureza mais encoberta.  Para listar algumas das unidades: Montada, Marinha, Crimes Sexuais, Homicídios, Armas e Gangues, Crime Financeiro, Tráfico de Pessoas, Unidade de Crimes de Ódio, Unidade de Pessoas Desaparecidas, Task Force de Emergência, Serviços de Trânsito, Parceria Comunitária e Unidade de Envolvimento, Divisões, Crime Cibernético, etc. 

MS: As faixas de população mais frágeis – os idosos e as crianças – têm uma atenção especial por parte do corpo policial?

PDQ: A proteção das nossas comunidades mais vulneráveis é uma prioridade máxima para a polícia. O Serviço reconhece que a prevenção do crime é uma componente chave da mobilização da comunidade e que fortes parcerias comunitárias são um elemento essencial de qualquer estratégia de redução do crime. A Unidade de Parcerias e Envolvimento Comunitário educa e ajuda os membros da comunidade a estarem mais conscientes da sua própria segurança, e a serem pró-ativos na redução do crime e na eliminação da oportunidade para o crime.

O Coordenador de Prevenção do Crime na Unidade de Parcerias e Envolvimento Comunitário fornece informações sobre a prevenção do crime e apoia o trabalho dos agentes da Divisão de Prevenção do Crime.

O nosso Centro de Defesa da Criança e do Jovem trabalha com várias organizações e caridades, incluindo o Boost For Kids, fornecendo recursos úteis aos pais e aos jovens, incluindo dicas práticas de segurança. Encorajamos sempre os pais, prestadores de cuidados e jovens a aceder a recursos como o seguinte: https://boostforkids.org/for-families/resources-for-parents-caregivers/

Vale também a pena notar que os nossos Neighbourhood Community Officers trabalham em parceria com residentes locais e organizações de base comunitária para abordar questões de crime, desordem e segurança comunitária. Estão integrados num bairro há pelo menos quatro anos para co-desenvolver ativamente soluções e mobilizar recursos da Polícia de Toronto a fim de reduzir o crime, o medo do crime e o comportamento antissocial.

Cada divisão de policiamento também tem Oficiais de Resposta Comunitária que trabalham com parceiros e instituições de caridade para melhor servir os seus residentes. Isto inclui a doação de brinquedos, refeições e roupas quentes para os mais vulneráveis.

MS: Que recomendações podem ser feitas junto da população mais idosa? Que cuidados devem ter de modo a garantir a sua segurança?

PDQ: Alguns indivíduos optam por tirar partido das pessoas mais velhas através de chamadas telefónicas, induzindo-os em erro, fazendo-se passar por funcionários da Agência Fiscal do Canadá ou da Agência de Serviços de Fronteira do Canadá.

Por favor, tenha em conta que nenhuma agência lhe está a telefonar nem vai exigir a sua informação por telefone ou pedir para que pague seja o que for através de uma transferência eletrónica ou gift cards.

Fique atento se necessitar de renovações feitas e contrate empreiteiros de boa reputação para garantir que não sejam vigarizados. Todos nós, como comunidade, se tivermos um vizinho idoso ou um membro da família que estejamos a vigiar, devemos assegurar-lhes que têm alguém em quem confiar durante nestas situações e que vão estar atentos, com as melhores intenções.

As famílias desempenham um papel fundamental no reconhecimento das necessidades de um membro idoso e na procura dos recursos e apoios para garantir a sua segurança.

MS: E as crianças, como as podemos proteger?

PDQ: Temos de deixar que os nossos filhos sejam crianças, mas ao mesmo tempo temos de fazer o nosso melhor, não só como pais, mas como membros da comunidade, para garantir que as crianças estão seguras.

Manter as crianças em segurança pode assumir tantos papéis, desde assegurar a sua viagem segura à escola – tanto enquanto condutores que respeitam as regras das estradas, como enquanto pais que optam por acompanhar os nossos filhos numa caminhada até à escola para diminuir o congestionamento do trânsito, algo que torna a escola mais segura para todos.

Nos dias que correm é uma tarefa muito difícil dizer aos nossos filhos para se manterem afastados da tecnologia, mas o que precisamos de fazer é dar-lhes o conjunto de ferramentas para garantir que tomam as melhores decisões, informadas, para se manterem seguros enquanto usam a internet.

Há tantos bons recursos e gratuitos para a nossa comunidade que não há realmente necessidade de pagar por outros.

MS: Enquanto polícia, como classificaria a cidade de Toronto – cidade segura?

PDQ: Eu amo a nossa cidade! Como alguém que nasceu e cresceu e tem a maior parte da família na cidade, acredito que é um dos melhores lugares para se viver.

Penso que Toronto é de classe mundial em tantos níveis, desde a diversidade de pessoas até à diversidade de coisas que se podem fazer, passando pelos eventos desportivos ao vivo, restaurantes incríveis, parques, espetáculos de teatro, museus. Procuramos frequentemente no estrangeiro coisas para fazer e desvalorizamos a cidade incrível que temos e como é segura.

Temos uma cidade incrivelmente segura, especialmente pelo seu tamanho, e todos temos um papel a desempenhar na construção de uma comunidade mais segura.

Catarina Balça/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER