BlogMundo

Biden garante que a NATO “nunca esteve tão unida”

milenio stadium - biden - nato

 

Um mês depois do início da ofensiva russa, que já matou pelo menos 977 pessoas, 81 das quais crianças, os líderes mundiais reúnem-se em Bruxelas para uma cimeira extraordinária da NATO. O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, pediu ao Mundo que saia à rua em defesa da paz e da vida e defendeu que a Aliança “ainda precisa de mostrar o que é que pode fazer para salvar pessoas”.

A líder da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o Presidente norte-americano, Joe Biden, comprometeram-se a limitar a capacidade do regime russo em utilizar reservas internacionais, incluindo de ouro, para financiar a guerra na Ucrânia.

“Os Estados Unidos e a União Europeia [UE] estão a trabalhar em conjunto no sentido de diminuir a capacidade da Rússia de utilizar as suas restantes reservas internacionais, incluindo ouro, para apoiar a sua economia e financiar a sua guerra ilegal”, vincam Ursula von der Leyen e Joe Biden, numa declaração conjunta divulgada esta noite.

“Hoje, os Estados Unidos sancionam mais de 400 indivíduos e entidades adicionais para se alinharem com as medidas tomadas pela UE […]. A Comissão, em conformidade com as suas competências, continuará a apoiar outras medidas semelhantes”, indicam.

E garantem: “Juntos, vamos procurar responsabilizar os responsáveis pela devastação e comprometemo-nos a impor mais custos à Rússia até que Putin cesse a sua agressão”.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER