Mundo

Juízas decidem que não houve violação por a mulher ser “feia e masculina”

Várias pessoas juntaram-se à porta do tribunal de Ancona, em Itália, para protestar contra a decisão de ilibar dois homens, acusados de violação. O coletivo de juízes considerou que a vítima “era muito masculina” para ter sido violada.

Os dois suspeitos, que em 2015 terão violado uma rapariga de 22 anos, foram condenados em 2016 pelo tribunal de primeira instância. Na sexta-feira, segundo explica o jornal “The Guardian”, foi conhecido o motivo que, em 2017, levou o tribunal de segunda instância a ilibar os dois suspeitos.

Leia mais no JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER