CanadáGTA

Redução fiscal de 50% proporciona alívio temporário aos negócios da Yonge Street

Algumas pequenas empresas ao longo da rua Yonge estão a suspirar de alívio, depois que um enorme aumento do imposto sobre imóveis, divulgado no início deste ano, foi reavaliado e cortado para metade.

Numa reunião da Yonge Street Small Business Association, na noite de quinta-feira, um grupo de cerca de 20 donos de lojas compartilharam as boas novas entre si.

No início deste ano, os proprietários de dezenas de imóveis comerciais da Yonge Street ficaram chocados ao descobrir que as suas faturas de imposto duplicaram.

No entanto, apesar do alívio imediato, existe algum receio sobre o que acontecerá com os impostos no futuro.

A vereadora municipal Kristyn Wong-Tam pediu à Corporação Municipal de Avaliação de Propriedade (MPAC), uma empresa sem fins lucrativos que avalia e classifica todas as propriedades no Ontário, para conduzir a nova avaliação.

Em Toronto, o imposto sobre imóveis de um espaço comercial é determinado pelo valor avaliado atual do edifício e depois multiplicado por cerca de 2,5 por cento.

Quando as casas próximas estão a ser vendidas acima do valor pedido, os preços de todos os tipos de propriedades na área aumentam. Desse modo, quando a MPAC vem para avaliar uma propriedade, baseia o seu valor patrimonial com base nos prédios vendidos na área e o preço de venda.

A vereadora diz que o próximo passo é tentar criar uma nova classificação de pequenas empresas apenas para Toronto. Ela está a trabalhar com a MPAC, a equipa de serviços financeiros da cidade e Jeff Leal, ministro do Ontário responsável pelas pequenas empresas.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER