Açores

Imperador é a espécie mais valiosa de peixe

O mês de Outubro de 2018 traduziu um aumento do volume de 47,6% face ao mês homólogo e uma diminuição de 3,8% em valor do pescado descarregado em lota.

O volume de pescado totalizou 526,8 toneladas, correspondendo a um valor de venda em lota de 2.209,4 mil euros.

A captura de pelágicos foi responsável pelo maior aumento (34,5%) face ao mês homólogo, com 311,1 toneladas com um valor correspondente de 453,6 mil euros.

Face a Outubro de 2017, a captura de moluscos aumentou em 117,6% em peso (65,2 t) e com um aumento correspondente de 61,1% em valor (586,2 mil euros).

A lula foi a principal espécie capturada (64,2 t) com um valor médio de 8,95 euros/ kg, resultando num valor total de 574,9 mil euros. A apanha de crustáceos diminuiu 77,0% em volume (0,1 t) e 71,0% em valor total arrecadado (765 euros).

O preço médio global do pescado em outubro de 2018 diminuiu, face ao mesmo mês de 2017, para 4,19 euros/kg, apesar de uma subida de 19,9% dos Demersais para 7,78 euros/kg, e dos Moluscos (22,8%) para 9,00 euros/kg.

O Imperador foi a espécie mais valiosa de peixe, com um preço médio de 23,07 euros/ kg em lota.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER