Portugal

Cursos de excelência com 10% dos alunos colocados no Superior

y8myiqiefc7e

 

Dos 50.767 novos estudantes já colocados nas duas fase de acesso ao Ensino Superior, 10% ingressaram em cursos com maior concentração de melhores alunos.

É um crescimento de 3% face ao ano passado, impulsionado pelo aumento verificado na 1.ª fase, já que, na 2.ª fase, o número de colocados naqueles ciclos de estudo baixou.

De acordo com os dados facultados ao JN pelo Ministério da Ciência e Ensino Superior, na 2.ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior ficaram colocados em cursos de excelência 182 candidatos, menos 63 face ao ano transato. Em linha, aliás, com os resultados da 2.ª fase, com o número de estudantes colocados a cair 14%, para os 8190, face a um número de vagas em baixa (-10%), com 60% dos candidatos a não conseguirem colocação.
Os cursos com maior índice de excelência dos candidatos, explique-se, são aqueles com o maior número de candidatos em 1.ª opção, no ano anterior, com nota de candidatura igual ou superior a 17 valores. É o caso de Engenharia Aeroespacial ou de Medicina.

As escolas médicas, aliás, colocaram, neste concurso, o maior número de sempre de estudantes: 1595, na 1.ª fase, mais 51 face ao ano passado. A que acrescem mais 15 colocados na 2.ª fase (menos 11 face ao ano transato).

Perda é transversal

Os resultados agora conhecidos da 2.ª fase do concurso de acesso dizem-nos que baixou para 38% o número de estudantes colocados em 1.ª opção, contra 41% no ano passado. Analisando as três primeiras opções, a proporção fixa-se nos 76%.
Conforme noticiado, na  2.ª fase de acesso ao Superior, a perda é transversal, afetando tanto o sistema universitário como o politécnico. E tanto o Litoral como o Interior. Resultado, como explicou ao JN o secretário de Estado do Ensino Superior, dos resultados da 1.ª fase, com 90,4% dos estudantes a efetivarem as suas matrículas e 56% a serem colocados em 1.ª opção.

Quanto ao reduzido número de vagas a concurso, Pedro Teixeira reconhece que o atual financiamento possa ser um entrave, pois não está indexado ao número de estudantes. Adiantando, ainda, que muitos cursos atingiram já o limite máximo de vagas para os quais foram acreditados.

Saber mais

Total de colocados
Pese embora a quebra de 14% no número de colocados na 2.ª fase, entraram já no Superior 50.767 novos estudantes (-0,8%).

Sobram 3936
Da 2.ª fase sobraram, ainda, 3936 vagas, menos 47 face ao ano passado. Cada instituição decide, agora, para cada um dos seus cursos, se abre ou não a 3.ª fase, que decorre entre os dias 22 e 25 de setembro. De referir, por último, que as matrículas da 2.ª fase terminam amanhã, dia 19.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

O Facebook/Instagram bloqueou os orgão de comunicação social no Canadá.

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER