Comunidade

Casa das Beiras atinge maturidade Rancho vai ao Festival Europeu de Folclore

Joana Leal

A Casa das Beiras de Toronto celebrou sexta-feira, 3 de fevereiro, 18 anos no salão da LiUNA Local 183. Em noite de aniversário a direção garante que o futuro passa por continuar a divulgar o melhor da cultura beirã e a apoiar a comunidade portuguesa. A grande surpresa da noite foi o convite do Rancho Folclórico da Casa das Beiras para participar no EUROPEADE, o festival europeu de folclore que este ano decorre em Viseu entre 25 e 29 de julho.
Em declarações ao Milénio Stadium, Bernardino Nascimento, presidente da instituição, diz que o objectivo não é organizar só bailes. “É com grande entusiasmo que vejo esta casa cheia. Creio que ao longo destes anos demonstrámos que somos capazes de inovar sem nunca esquecer o nosso país. Em 2017 assinámos um protocolo com a Confraria de Saberes e Sabores da Beira “Grão Vasco” e angariámos fundos para as vítimas dos incêndios em Portugal”, refere.
Sobre a continuidade deste projecto, o presidente defende que o futuro passa por envolver os mais novos. “Nós temos muitos jovens, 99% do nosso Rancho é jovem, a nossa própria vice-presidente é jovem, mas eu gostava que eles se envolvessem mais na direção. O nosso futuro depende deles”, sustenta.
Com eleições à porta, a 25 de fevereiro, Bernardino Nascimento não afasta a hipótese de ser reconduzido na presidência. “Eu gostava muito de ser substituído, aliás acredito que isso possa acontecer. Já cá estou há cerca de seis anos mas se por acaso não surgir nenhum candidato não vou virar as costas à Casa das Beiras”, garante.
Katia Caramujo é vice-presidente da Casa das Beiras e admite que é preciso ter muita motivação para abdicar da vida pessoal em prol da vida comunitária. “No meu caso eu faço parte de duas instituições, a Casa das Beiras e a ACAPO. E não é fácil porque ocupa muito do nosso tempo, é preciso ter paixão”, reforça.
Caramujo confessa que há resistência às mudanças que os jovens querem pôr em prática. “Acho que os jovens frequentam os clubes com os pais e constatam que as festas e as ementas são sempre as mesmas. E um dia cansam-se. Sempre que um jovem quer mudar algo há muita resistência”, explica.
Questionada pelo Milénio Stadium, Katia Caramujo diz que um dia poderá avançar com uma candidatura à presidência. “Acho que ainda é cedo porque sou recente na direção mas prometo que vou refletir sobre este assunto (risos)”, adianta.
O aniversário da Casa das Beiras teve um convidado especial, o Presidente da Câmara Municipal de Viseu. Almeida Henriques disse que é sempre bom voltar a Toronto e elogiou o trabalho da Casa das Beiras. “Esta á a sexta vez que cá venho e sinto que este trabalho é sempre feito com muito carinho. Penso que a Casa das Beiras de Toronto e a do Rio de Janeiro são duas das mais fortes que temos no estrangeiro a representar a nossa região”, diz.
No aniversário da Casa das Beiras estiveram presentes várias forças políticas. A deputada federal, Julie Dzerowicz; a deputada provincial, Cristina Martins; a vice-presidente da Câmara Municipal de Toronto, Ana Bailão e o vereador do bairro 17, Cesar Palacio. A luso-descendente Tânia Barbosa abriu para o cantor Luizinho de Portugal e a cerimónia foi apresentada por Fátima Martins.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER