Futebol

Jenni Hermoso declara em tribunal que beijo de Rubiales não foi consentido

33fpqqsl8ckm

 

Jenni Hermoso, internacional espanhola, foi ouvida esta terça-feira no Tribunal Nacional, em Madrid, relativamente ao caso Rubiales. A visada afirmou que o beijo nas comemorações da final do Mundial não foi consentido. O processo está na reta final.

Jenni Hermoso chegou ao tribunal às 9.50 horas para se pronunciar relativamente ao caso em que Luís Rubiales, antigo presidente da Federação Espanhola de Futebol, está a ser investigado por um crime de agressão sexual e outro de coação. Em causa está o episódio ocorrido nas celebrações da conquista do Mundial feminino por parte da seleção espanhola, no dia 20 de agosto, no qual Luis Rubiales beijou a internacional espanhola.

De acordo com fontes judiciais, Jenni Hermoso afirmou perante o magistado que o beijo “em nenhum momento” foi consentido, adiantando, ainda, que tanto no voo de regresso para Espanha como na estadia em Ibiza, após o ocorrido, sofreu um “assédio constante”, o que gerou uma “situação de inquietação e tristeza” na vida da atleta.

“Correu tudo bem. Queria desejar-vos um Feliz Ano Novo. Agora está nas mãos da justiça. Muito obrigada pelo apoio que me deram e pela forma como muitos de vós lidaram tão bem com as coisas. Agradeço-vos muito”, disse Jenni Hermoso à saída do tribunal.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

O Facebook/Instagram bloqueou os orgão de comunicação social no Canadá.

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER