Saúde & Bem-estar

O impacto do telemóvel na coluna

 

Pode até não acontecer consigo, mas a verdade é que a esmagadora maioria de utilizadores do telemóvel passam horas por dia a olhar para os conteúdos que chegam via redes sociais ou mesmo a trabalhar. O problema é que o facto de ficar muito tempo com o pescoço flexionado e a cabeça abaixada, sobrecarrega a musculatura e as articulações vertebrais, o que causa dores e até pode desenvolver uma hérnia discal.

Se as responsabilidades do dia a dia, por vezes lhe fazem parecer que carrega o mundo nas costas, o uso excessivo do telemóvel pode contribuir para somar alguns quilos a essa carga. Na realidade, a má postura adotada ao mexer nos aparelhos pode acrescentar até 27 kg de peso na coluna, causando a chamada “síndrome da mensagem de texto no pescoço” (text neck syndrome, do inglês). Este problema de saúde é caracterizado pela sobrecarga na musculatura e nas articulações vertebrais gerada pela inclinação constante ao mexer nos telemóveis.

Além da dependência que o uso prolongado dos telemóveis pode causar, com o cérebro a ser estimulado a cada notificação, o que causa um vício que se assemelha ao uso do cigarro, os especialistas afirmam que a lista de problemas físicos relacionados com o uso do pequeno aparelho que nos liga ao mundo é extensa, indo de dor no pescoço e ombros até podendo mesmo chegar a provocar uma hérnia discal.

Pescoço mais inclinado = mais peso na coluna

Segundo especialistas, na posição ereta, o peso sobre a cabeça diminui – situação que muda totalmente quando a pessoa está inclinada para frente. Quando estamos com a cabeça para frente, há um aumento no esforço que a musculatura cervical tem que fazer, além de uma pressão maior sobre as demais estruturas cervicais.
Assim, quanto maior a inclinação, maior o peso da cabeça sobre a coluna e o maior problema é que, quando se usa o telemóvel, o ângulo do pescoço pode chegar a até 60 graus o que pode aumentar até cinco vezes o peso inicial da cabeça.

Problemas além da dor

Com a inclinação constante da cabeça para usar o telemóvel, a lista de problemas para a saúde é extensa e, apesar do uso excessivo muitas vezes acontecer entre os jovens, as consequências da má postura por conta do uso de telemóveis acontece em pessoas de todas as idades.

Entre os principais malefícios associados à utilização desses aparelhos estão:

  • Dor no pescoço, cabeça e ombros, na maioria das vezes de origem muscular;
  • Desgaste das estruturas da coluna;
  • Artrose precoce nas articulações da coluna;
  • Hérnia discal.

Menos telemóvel, mais saúde

Para evitar a sobrecarga da coluna por causa do pescoço sempre flexionado ao mexer no telemóvel, a primeira recomendação dos ortopedistas é óbvia: reduzir o número de horas de utilização do aparelho. Mas, para aqueles que dependem dessa tecnologia para trabalhar, por exemplo, e não têm como reduzir o tempo de uso, é indicado:

  • Usar o telemóvel à altura dos olhos, o mais possível, evitando flexionar o pescoço e baixar a cabeça;
  • Sempre que possível, priorizar a utilização do computador, onde é mais fácil manter uma postura ergonómica;
  • Utilizar os aparelhos em locais em que é possível estar sentado com os pés apoiados no chão, com quadris e joelhos flexionados em 90 graus;
  • Não passar muito tempo na mesma posição, fazendo alongamentos de tempo a tempo e, de preferência, levantar-se a cada duas horas.

MB/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

O Facebook/Instagram bloqueou os orgão de comunicação social no Canadá.

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER