FYIBlog

Niagara Falls secas

Quem por aí não conhece Niagara Falls? Poucos dos nossos leitores, posso adivinhar. Estas Cataratas do Niágara ou Niagara Falls são muito famosas pela sua beleza natural e também pela fonte importante de geração de energia elétrica. Ficam localizadas no rio Niágara entre os lagos Erie e Ontário, na fronteira do estado de Nova Iorque e da província canadiana de Ontário. 

Niagara Falls secas- niagara falls-mileniostadium
Cataratas em 1848. Credit: DR.

Os três grupos são compostos pelas Cataratas Canadianas, Cataratas Americanas e as Cataratas Bridal Veil (ou Véu da Noiva). Embora não sejam muito altas, a Bridal Veil tem 155 metros no seu ponto mais alto – as cataratas são largas e possuem um alto volume de água. Na cheia, todos os cursos de água somam um volume médio de 4,5 milhões de litros por segundo. Com tanta água disponível, seria possível que este lugar secasse? A resposta, por muito improvável que pareça, é sim. E hoje falo-vos sobre isso!

As secas nas Cataratas do Niágara

Em toda a história, há dois eventos registados que nos dizem quando as cataratas ficaram, de facto, sem água. A primeira vez ocorreu de forma natural no dia 28 de março de 1848. O gelo que se formou no lago Erie, localizado no Canadá, foi carregado por fortes ventos e acomodou-se na foz do rio Niágara. Com o arrefecimento, os fragmentos tornaram-se uma represa sólida entre Buffalo e Fort Erie. As toneladas de gelo travaram o fluxo de água, fazendo com que o leito do rio secasse.

A situação foi percebida quando alguns trabalhadores do moinho nas proximidades notaram que as rodas-d’água pararam de funcionar. Ao chegar ao local, ficaram incrédulos e começaram a acreditar que seria o anúncio do fim dos tempos. Armas e mosquetes, que possivelmente foram utilizados na Batalha de Chippawa em 1814, ficaram disponíveis e ali expostos – just in case. Quando o vento mudou o curso, o gelo começou a quebrar e o fluxo da água retornou. O evento durou menos de 30 horas, mas deu para assustar os habitantes.

Niagara Falls secas- niagara falls-mileniostadium
Niagara em 1969. Créditos: DR.

Mais de um século depois, em 1969, as Cataratas secaram, mas dessa vez de propósito. Entre 25 de junho de 1969 e 25 de novembro de 1969, foi construída uma barragem nas cataratas americanas para que geólogos pudessem estudar as formações rochosas da área. Foram necessárias 27.800 toneladas de rocha e solo para desviar a água. 

Durante o trabalho, um caminho foi construído para possibilitar que turistas pudessem ver a paisagem seca. Quando o estudo terminou, a barragem foi derrubada e, em apenas um dia, todo o fluxo estava restabelecido. 

Se vocês acham que perderam a oportunidade de presenciar um evento raro como este, ficam agora a saber que vai provavelmente ocorrer de novo. O estado de Nova Iorque precisa de secar as cataratas da sua região para consertar duas pontes para pedestres que já existem há 115 anos. 

O fluxo desviado corresponderá a 15% da água que passa nas cataratas, portanto, apenas uma parte ficará seca. A data ainda não foi confirmada. Esta obra terá um custo avaliado em de 26 milhões de dólares.

Kika/FYI/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER