FYI

6 animais perigosos para humanos

milenio stadium - fyi - animais perigosos

 

Ser atacado por uma água-viva quando se está dentro do mar não é propriamente uma experiência que alguém queira ter durante a vida. Entretanto, os oceanos estão repletos de vidas marinhas prontas para se defender caso se sintam ameaçadas e com potencial de queimar a nossa pele com um simples toque. Por esse motivo, é preciso estar atento por onde nadamos e os potenciais perigos que podemos estar a enfrentar. Hoje falamos de 6 animais que vivem no oceano que são capazes de provocar queimaduras e outros ferimentos sérios em humanos – vamos ver quem são?

1. Raia

Quem vê de longe pode achar que as raias são criaturas delicadas e graciosas. Entretanto, possuem espinhos venenosos nas caudas, que provocam um estrago grande. Se pisarmos acidentalmente uma raia, ela pode responder enfiando a cauda na nossa perna ou pé, por exemplo. Nesses casos, alguns fragmentos de veneno e espinhos vão fazer com que a ferida infecione, provocando assim sintomas como dor intensa, náusea, fraqueza e desmaios. Em casos mais raros, podemos até apresentar dificuldades respiratórias ou até mesmo morrer.

2. Caracol-Cone

Os caracol-cone são caracóis com uma espécie de “dente” que injeta veneno nas nossas peles. Se tentarmos segurar um desses animais com as mãos, vamos sofrer com a resposta da pequena criatura, que estará pronta para se defender. Os principais sintomas de uma picada de um caracol-cone são inchaço, dormência, visão turva e insuficiência respiratória. Na pior das hipóteses, podemos até sofrer uma paragem cardíaca.

3. Polvo-de-anéis-azuis

Encontrado principalmente na costa da Austrália, o polvo-de-anéis-azuis é um dos animais mais perigosos do mundo todo. O motivo desse perigo baseia-se no facto da sua saliva ser extremamente venenosa e conter uma neurotoxina que leva à insuficiência respiratória e paralisia. Quando esta criatura fica agitada, os tais anéis pulsam e sinalizam um eventual ataque. De acordo com a Universidade de Sydney, um polvo destes tem veneno suficiente para paralisar 10 humanos adultos.

4. Enguia elétrica

Enguias elétricas são um verdadeiro pesadelo para qualquer pessoa que vai entrar na água. Desde a nossa infância que aprendemos que estes são animais que devemos temer. De acordo com especialistas, ter uma picada de uma enguia pode ser equivalente ou até mesmo pior do que ser eletrocutado com um taser. No entanto, só vamos encontrar uma enguia elétrica se decidirmos aventurarmo-nos pelas águas com lama dos riachos e lagoas das bacias do Amazonas e do Orinoco, na América do Sul.

5. Alforreca

As alforrecas (ou medusas) são os tipos de água-viva mais perigosos de todos. Podem ser localizadas em todas as partes do planeta Terra e usam principalmente os tentáculos para atingir as vítimas. Uma pessoa que acabar por ser picada sentirá formigamento, marcas vermelhas na pele, comichão e inchaço localizado. Vale ressaltar que fazer xixi em cima da ferida não ajudará em nada com a dor. Porém, aconselha-se que a pessoa use água salgada para lavar qualquer fragmento que ainda estiver conectado à pele.

6. Ouriço-do-mar

Os ouriços-do-mar são cobertos de espinhos afiados revestidos de veneno. Se pisarmos um ouriço, os espinhos provavelmente vão quebrar e alojar-se no nosso pé, fazendo com que fiquemos assim com uma ferida dolorosa. Se os espinhos não forem removidos completamente, a ferida pode ficar inflamada, levando a uma erupção cutânea junto com dores musculares e articulares. Caso sejamos atingidos por um ouriço-do-mar, o recomendável é usar uma pinça esterilizada para remover quaisquer espinhos visíveis na ferida. Se os espinhos tiverem penetrado muito fundo na pele, o ideal é que se procure urgentemente a ajuda de um médico.

Kika/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER