TV & Cinema

Indústria de cinema canadiano quer código de conduta para lidar com má conduta sexual

Grupos que representam atores, agências de talentos, realizadores e outros funcionários do setor de cinema e televisão do Canadá defendem que um código de conduta será um dos vários passos para combater o assédio sexual na indústria.

Mais de uma dúzia de organizações reuniram-se na quinta-feira em Toronto para discutir o que pode ser feito para conter o problema.

Eles emitiram uma declaração que diz que um código de conduta definirá claramente o que é comportamento inadequado, bem como quais as consequências para aqueles que cometem tais ações.

Alguns na indústria referem que a má conduta sexual tem sido uma realidade no panorama cinematográfico do Canadá, e eles afirmam que este é um problema que parece estar a crescer.

As recentes revelações de acusações relacionadas ao sexo contra o magnata de Hollywood, Harvey Weinstein e outras celebridades proeminentes, colocaram o assédio sexual na indústria sob os holofotes, pelas piores razões, com um escrutínio praticamente diário por parte dos meios de comunicação social.

Os grupos também concordaram em criar maneiras mais efetivas de denunciar comportamento injusto para garantir que as pessoas possam denunciar alegações sem medo de represálias.

Na declaração é também dito que eles preveem organizar um programa de educação e assegurar que as políticas existentes que governam a conduta sexual sejam devidamente aplicadas.

A Aliança dos artistas de cinema, televisão e rádio canadianos convidou os grupos para o encontro.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER