Entretenimento

Prémios Literários do Governador Geral anunciados: Joel Thomas Hynes vence o prémio de ficção inglesa

Os vencedores dos Prémios Literários do Governador Geral de 2017 foram anunciados, com Joel Thomas Hynes de St. John’s a levar para casa o prémio na categoria de ficção inglesa.

O Conselho das Artes do Canadá anunciou os vencedores na quarta-feira de manhã, escolhendo 14 livros vencedores de 70 finalistas ingleses e franceses.

Os prémios literários do Governador Geral são entregues há 81 anos e são considerados os prémios literários de maior prestígio no país. Cada vencedor recebe um prémio no valor de 25 mil dólares e a editora recebe 3 mil dólares para as promoções. Os finalistas não vencedores recebem mil dólares.

Vencedores

We’ll All Be Burnt in Our Beds Some Nightde Thomas Hynes, descrito num comunicado do Conselho do Canadá como um retrato da viagem hilariante e perturbadora de um homem de St. John’s a Vancouver, é o vencedor da categoria de ficção inglesa.

On Not Losing my Father’s Ashes in the Flood” de Richard Harrison levou para casa o prémio de poesia superior; “Indian Arm” de Hiro Kanagawa foi o vencedor no género de drama; e “The Way of the Strangers: Encounters with the Islamic State” de Graeme Wood foi a escolha para a categoria de não-ficção.

Outros vencedores do idioma inglês foram The Marrow Thieves de Cherie Dimaline (texto de literatura juvenil), “When We Were Alone” de David Alexander Robertson e Julie Flett (literatura juveni – livros ilustrados) e “Readopolis” de Oana Avasilichioaei (tradução do francês para o inglês) .

Vencedores franceses

Os vencedores de língua francesa são os seguintes:

  • Ficção: Le poids de la neige – Christian Guay-Poliquin
  • Poesia: La principal hantée – Louise Dupré
  • Drama: Dimanche napalm – Sébastien David
  • Não ficção: Les Yeux tristes de mon camion – Serge Bouchard
  • Literatura juvenil – Texto: L’importance de Mathilde Poisson – Véronique Drouin
  • Literatura juvenil – Livros ilustrados: Azadah – Jacques Goldstyn
  • Tradução (do inglês para o francês): Un barbare en Chine nouvelle – Daniel Poliquin

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER