EntretenimentoBlog

Agradecer

Agradecer-canada-mileniostadium
Créditos: DR

É já na próxima segunda-feira, dia 11 de outubro, que se celebra, no Canadá, o Dia de Ação de Graças. Dar graças ou se preferirem, agradecer a Deus ou ao Universo tudo o que de bom aconteceu durante o passado ano – este é o objetivo primeiro desta celebração. De uma forma mais prosaica, também há quem olhe para este dia como uma oportunidade de aproveitar um fim de semana mais alargado para se mentalizar de que o inverno já está quase aí e é também pretexto para uma reunião familiar, normalmente à volta de uma mesa, onde o peru é rei.

Vamos então agradecer. Como e onde não interessa muito, a questão deve ser antes o quê? O que há para agradecer, para lá de algo mais pessoal, neste ano ainda marcado pela pandemia? Por vós não sei, mas eu:

  • Agradeço à ciência. O trabalho de milhares de cientistas, espalhados pelo mundo, que de alguma forma contribuíram para o desenvolvimento da vacina que nos ajuda a retomar a liberdade, passo a passo.
  • Agradeço aos órgãos de comunicação por, através deles, ter sido atempadamente alertada para a necessidade de me precaver e adotar o comportamento adequado em situações de doença altamente contagiosa, como a que ainda estamos a viver.
  • Agradeço ter conseguido “passar pelos pingos da chuva” e não ter contraído a doença – pelo menos até agora.
  • Agradeço não ter precisado (pelo menos até agora, repito) do trabalho esforçado e altamente desgastante de todos os que nos cuidam da saúde.
  • Agradeço estar longe de países onde a irresponsabilidade dos governantes levou a uma mortandade de tal dimensão, que já se grita – “genocídio!”.
  • Agradeço não ter deixado de trabalhar, ao contrário de tantos e tantas que se encontram numa situação precária para não dizer angustiante, precisamente porque perderam o seu emprego.
  • Agradeço ter conseguido manter a sanidade mental, mesmo quando parecia que “o céu nos ia cair em cima da cabeça”, como tanto temiam os gauleses da aldeia de Astérix.
  • Agradeço a luz que já se vê ao fundo do túnel escuro que foi a nossa vida neste ano e meio.

Por tudo o que consta na minha lista de agradecimentos penso que dá para perceber que agradeço, essencialmente, este dom que é a vida. Porque não há bem maior.

Espero que valorizem a reunião familiar, o estar com quem vos quer bem. Que apreciem este dia em particular e a vida de uma forma geral. Confiem em Deus ou no Universo. Tudo vai ficar bem! É uma frase muito batida, eu sei, mas apeteceu-me recuperá-la porque nos transporta para um futuro que, todos sem exceção, queremos viver, mesmo que saibamos bem o significado da palavra utopia. Afinal, como escreveu António Gedeão, “eles não sabem, nem sonham, que o sonho comanda a vida e que sempre que um homem sonha, o mundo pula e avança, como bola colorida entre as mãos de uma criança”.

Feliz Dia de Ação de Graças.

Madalena Balça/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER