AmbienteBlog

Dragões Azuis

No Brasil, os banhistas que estavam nas praias de Maceió, em Alagoas, no último fim de semana, foram surpreendidos pela presença de pequenas criaturas de tom azulado. Sem saber do que se tratava, muitos deles ficaram assustados com o surgimento daquele animal minúsculo nas areias.

Dragões Azuis-mundo-mileniost
Créditos: DR.

Segundo o professor da Universidade Federal de Alagoas Cláudio Sampaio, as espécies que apareceram nas praias são os exóticos “dragões azuis”, um tipo de lesma marinha de coloração azulada. Em entrevista o professor explicou que os animais são inofensivos, apesar da aparência diferente.

Encontradas em grandes quantidades, principalmente na Praia de Riacho Doce, as lesmas do mar azuladas normalmente vivem em águas oceânicas longe da costa. O aparecimento na orla teria sido causado pelos ventos fortes na região, arrastando-as até às praias.

Conhecido cientificamente como Glaucus atlanticus, o dragão azul mede cerca de 3 cm, em média, e é da família dos caracóis.

caravela-portuguesa-mundo-mileniostadium
Créditos: DR.

Caravelas-portuguesas

Além dos dragões azuis, os frequentadores das praias de Maceió também têm recebido a visita frequente de outro animal marítimo nos últimos dias. O aumento da presença das caravelas-portuguesas chamou a atenção na região, deixando os banhistas em alerta.

Enquanto as lesmas do mar são totalmente inofensivas, a Physalia physalis, como a caravela-portuguesa é chamada cientificamente, pode causar problemas se for tocada. Isso porque os seus tentáculos liberam substâncias urticantes com capacidade para causar queimaduras de terceiro grau.

Com aparência que remete a um saco de coloração azulada ou lilás cheio de filamentos, as caravelas-portuguesas também costumam viver afastadas das praias. O motivo da sua maior presença na costa é o mesmo que levou ao aumento dos dragões azuis, ou seja, a forte ventania no litoral alagoano.

Kika/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER