Uncategorised

Leilões de comércio de emissões do Ontário totalizam cerca de dois mil milhões de dólares este ano

Os leilões de comércio de emissões do Ontário totalizaram cerca de 2 mil milhões de dólares no seu primeiro ano, antes da província entrar num mercado conjunto com Quebeque e Califórnia no próximo ano.

O leilão final ocorreu na semana passada e os resultados divulgados na quarta-feira mostram que 83% dos créditos atuais foram vendidos, dando à província 422 milhões de dólares.

Isso significa que o sistema da província com o objetivo de reduzir as emissões de gases de efeito estufa trouxe 1,9 mil milhões de dólares para projetos verdes em 2017, como melhorias eficientes em energia em hospitais, descontos ecológicos para proprietários e ciclovias.

O ministro do Meio Ambiente, Chris Ballard, afirmou em comunicado que os resultados de quarta-feira mostram que o sistema está a funcionar como era suposto.

Este coloca limites sobre a quantidade de poluição que empresas em certas indústrias podem emitir, e caso excedam esses limites, elas devem comprar subsídios em leilão ou de outras empresas que não ultrapassam os seus limites.

Os três leilões anteriores do Ontário foram vendidos a partir dos créditos atuais. O governo disse anteriormente que não esperava que todos os leilões fossem vendidos, já que o mercado é flutuante.

Keith Brooks da Defesa ambiental disse que os resultados mais recentes são uma forte demonstração, considerando a incerteza em torno do futuro do comércio de emissões no Ontário.

O governo Liberal assinou um acordo para estabelecer ligação com o mercado de carbono do Quebeque e da Califórnia no dia 1 de janeiro, mas os Conservadores, que estão à frente nas sondagens, prometeram acabar com o programa e, em vez disso, implementar um imposto sobre o carbono se eles ganharem as eleições do próximo ano.

Os críticos no Ontário criticaram o custo do comércio de emissões para os consumidores – um valor adicional de 4,3 cêntimos por litro a aplicar ao preço da gasolina e cerca de 80 dólares por ano para os custos de aquecimento de casas a gás natural, bem como custos indiretos – e o custo potencial para a economia.

Segundo o auditor geral, quando o Ontário ligar o seu mercado com o do Quebec e o da Califórnia, estima-se que 466 milhões de dólares saiam da economia do Ontário, ao longo de três anos, porque será mais barato comprar subsídios dessas jurisdições.

Mas o governo Liberal tem defendido firmemente o plano, argumentando que é muito mais rentável e é mais eficiente para reduzir as emissões do que um imposto sobre o carbono. Os Tories apelidam o programa de “comércio de emissões” dos Liberais como uma “caça ao dinheiro”.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER