Temas de CapaBlog

VOX POP

Os filhos e os netos dos que chegaram primeiro

vox pop filhos-canada-mileniostadium
Créditos: DR

Para eles o Canadá é sinônimo de casa. Nasceram e cresceram aqui, inseridos nos hábitos e costumes locais, mas também expostos a uma outra cultura: a do país natal dos seus pais. São filhos de imigrantes, sejam eles portugueses ou brasileiros, os chamados canadianos da segunda geração, um importante grupo que forma a população nacional.  Para muitos as primeiras palavras foram em português, e apenas mais tarde, quando começaram a frequentar as escolas canadianas é que o inglês se tornou a língua oficial, pelo menos, fora do ambiente familiar. O gosto pelas comidas e eventos tradicionais do país dos pais e avôs também se mantém em muitos casos. Apesar de uma forte herança cultural, ao contrário daqueles que imigraram, nesses jovens a percepção de que pertencem ao Canadá é natural.

Nessa semana em que debatemos o “Canadian Dream”, o que já foi e ainda é para muitos, conversamos com diferentes grupos de pessoas que vivem aqui e questionamos também esses canadianos em particular, descendentes de imigrantes que vieram para cá com sonhos de uma vida melhor, decidiram permanecer e aqui construíram uma família. Como esses jovens percebem a história de luta dos pais ou avós, qual a visão que têm do país de nascença e quais são seus sonhos para o futuro.

 

Michael Gomes, 31 anos, construção

O que é para você o sonho canadiano? Quais os seus principais objetivos de vida?

O sonho canadiano para mim é ter uma família com saúde, ter um bom emprego e que os Raptors ganhem o campeonato novamente!

O Canadá não foi uma escolha sua, mas hoje, se tivesse a opção de escolha, escolheria o Canadá?

Sim, o Canadá é um dos melhores países do mundo e não me imaginaria a viver em qualquer outro lugar do mundo.

Quais os principais aspectos do país que te agradam?

O seu multiculturalismo, a diversidade de culturas, línguas, e as oportunidades que o país nos dá.

Você tem carro e casa própria aqui no Canadá? Se não, por quê?

Tenho carro mas não temos casa ainda por razões óbvias. O mercado imobiliário, não apenas no Canadá, está bastante incerto e dispendioso.

Até o momento qual o balanço que você faz da escolha que um dia alguém fez por você de vir viver no Canadá?

Já foi uma escolha que alguém fez para os meus pais. Os meus pais vieram jovens para o Canadá e já cresceram aqui. Por isso este é o meu país, nem imagino outro país onde poderia ter crescido e estar a viver.


Kimberly de Paula Mateus, 20 anos, estudante

O que é para você o sonho canadiano? Quais os seus principais objetivos de vida?

O Canadá é o país onde eu nasci e cresci, então, esta é a minha realidade, existem muitos países com dificuldades e problemas e acredito que as pessoas que mudam do seu país de origem o fazem em busca de uma vida melhor.Meu objetivo de vida é terminar meus estudos (farmácia) ter uma vida estável e tranquila junto da minha família e poder viajar pelo mundo.

O Canadá não foi uma escolha sua, mas hoje, se tivesse a opção de escolha, escolheria o Canadá?

Eu gosto de viver aqui no Canadá, como não conheço a realidade de viver em outro país, não tenho muita referência para dizer o contrário. Mas tenho uma boa vida que a minha família sempre me proporcionou, tenho meus amigos e vivo bem aqui. Eu gosto muito quando viajo para o Brasil e Portugal, são lugares lindos e com boa comida, só não sei se gostaria de viver nestes lugares, pois nunca fiquei muito tempo por lá, tenho meus amigos e família aqui, então, por enquanto, estou feliz aqui.

Quais os principais aspectos do país que te agradam?

Gosto de ter amizades com pessoas de várias nacionalidades, o multiculturalismo do país; a beleza que cada lugar do Canadá apresenta, a natureza e as oportunidades que o país oferece.

Você tem carro e casa própria aqui no Canadá? Se não, por quê?

Tenho carro. Casa ainda não, pois vivo com meus pais. Tenho 20 anos e vivo muito bem com a minha família.

Até o momento qual o balanço que você faz da escolha que um dia alguém fez por você de vir viver no Canadá?

Eu sou muito agradecida a minha família, pois sei que vieram para o Canadá para terem uma vida melhor e sei que não foi fácil o que passaram para terem tudo o que eles têm hoje e me darem uma vida boa.


Carla Oliveira, 22 anos, estudante

O que é para você o sonho canadiano? Quais os seus principais objetivos de vida?

Acho a maioria das pessoas sonha em ter uma família, um bom emprego, que proporcione uma vida confortável e viver num lugar que respeite sua liberdade.

O Canadá não foi uma escolha sua, mas hoje, se tivesse a opção de escolha, escolheria o Canadá?

Acredito que sim. Gosto muito de morar aqui e claro, adoro ir à passeio a Portugal, mas não sei se lá teria tantas oportunidades de estudo e trabalho como tenho aqui.

Quais os principais aspectos do país que te agradam?

A liberdade das pessoas serem aquilo que quiserem e a questão de termos uma diversidade de culturas que é impressionante e de todos respeitarem as diferenças que isso representa.

Você tem carro e casa própria aqui no Canadá? Se não, por quê?

Tenho carro e no caso ainda vivo com meus pais, que através de muito trabalho duro conseguiram comprar a casa própria há anos.

Até o momento qual o balanço que você faz da escolha que um dia alguém fez por você de vir viver no Canadá?

Sou muito grata! Amo viver aqui, para mim essa é a minha casa, meu país. Sei que meus pais se sacrificaram muito e abriram mão de muitas coisas, como o convívio familiar, para conseguirem proporcionar a mim e meus irmãos uma vida confortável.


Theodore, 29 anos, designer

O que é para você o sonho canadiano? Quais os seus principais objetivos de vida?

O meu sonho Canadiano é ter uma família, ser dono de uma casa, ter filhos e poder viver uma vida confortavel, sem muitos problemas financeiros. Gostaria de ter dinheiro para viajar frequentemente para Portugal e para outros países.

O Canadá não foi uma escolha sua, mas hoje, se tivesse a opção de escolha, escolheria o Canadá?

O Canadá não foi escolha minha, mas desde que eu nasci aqui, este é o meu país.  Claro que a minha segunda escolha é Portugal e eu iria morar lá se tivesse uma boa oportunidade de avanço na minha carreira.

Quais os principais aspectos do país que te agradam?

O Canadá tem oportunidades de desenvolvimento, quer seja no estudo ou no trabalho.  Há oportunidade de conhecer outras culturas e o país tem lugares bonitos para visitar, mas um pouco longe uns dos outros.

Você tem carro e casa própria aqui no Canadá? Se não, por quê?

Sim, tenho carro, casa e noiva! Custou-me muito para conseguir a minha primeira casa depois de poupar bastante dinheiro, mas estou orgulhoso disso.

Até o momento qual o balanço que você faz da escolha que um dia alguém fez por você de vir viver no Canadá?

Todos temos a oportunidade de escolher onde queremos viver.  Devido aos meus pais estarem aqui e a minha noiva ser tambem canadiana, eu devo dizer que este será o meu país de escolha por agora.Eu não sei o que o futuro vai trazer, se calhar uma casinha de verão em Portugal não seria má ideia.


Luiz F.Lora, 38 anos, engenheiro

O que é para você o sonho canadiano? Quais os seus principais objetivos de vida?

O sonho canadiano de uma maneira geral, no meu ponto de vista, é uma alternativa de vida para muitos imigrantes que vêm ou vieram de países onde as oportunidades talvez não tenham sido muito favoráveis em vários aspectos socioeconômicos. 

O Canadá não foi uma escolha sua, mas hoje, se tivesse a opção de escolha, escolheria o Canadá?

Sim. O Canadá sempre foi uma escolha minha por ter nascido em Toronto e ter decidido permanecer aqui, apesar de parte da família ter retornado ao Brasil.

Quais os principais aspectos do país que te agradam?

O principal aspecto que me agrada é a boa relação e credibilidade que o país tem com a comunidade internacional. E a segurança também.

Você tem carro e casa própria aqui no Canadá? Se não, por quê?

Temos carro mas não temos casa própria.

Até o momento qual o balanço que você faz da escolha que um dia alguém fez por você de vir viver no Canadá?

O balanço que faço é positivo. Todo país possui aspectos positivos e negativos. Acho que isso que deve ser levado em consideração na tomada da decisão de vir para o Canadá.


Daniel Ramalho, 23 anos, artista

O que é para você o sonho canadiano? Quais os seus principais objetivos de vida?

Meu sonho canadiano é viver uma vida feliz, plena e saudável. Como um artista, o ganho monetário nunca foi uma aspiração para mim, meu principal objetivo é criar para que as pessoas estejam reunidas e possam: rir, discutir e descobrir.

O Canadá não foi uma escolha sua, mas hoje, se tivesse a opção de escolha, escolheria o Canadá?

O Canadá é um lugar muito fácil para alguém como eu viver. Cuidados com a saúde, educação e minhas necessidades básicas sempre foram garantidas. Acho que se dependesse de mim, eu teria escolhido para viver algum lugar da Europa. Se não fosse Portugal talvez a Inglaterra. Mas é difícil dizer, havia tantos fatores no Canadá que trouxeram meus pais para cá, talvez eu estando no lugar deles teria vindo para cá também.

Quais os principais aspectos do país que te agradam?

O que eu particularmente gosto aqui no Canadá é que, na maioria das vezes, as pessoas são gentis. A atmosfera de Toronto (onde nasci e vivi toda minha vida) e amigável e gentil. Claro que há exceções, mas se no ônibus você chama a atenção de um estranho, ele é recebido com um aceno amigável. Eu adoro isso.

Você tem carro e casa própria aqui no Canadá? Se não, por quê?

Não tenho nem carro nem casa. Até pouco tempo atrás eu vivia com meus pais na casa deles e pegava os carros emprestados quando precisava. Mudei-me para um apartamento com meu sócio; nós alugamos. Como alguém que vive e trabalha na cidade, ter um carro não é uma necessidade. Isso somado ao fato de que eu não teria condições de ter um carro, pagar a gasolina ou o seguro.

Até o momento qual o balanço que você faz da escolha que um dia alguém fez por você de vir viver no Canadá?

Acho que nunca precisarei tomar essa decisão de sair do meu país natal, como meus pais tiveram que fazer. Tenho toda minha vida aqui: todos os meus amigos, todos os lugares que conheço, os caminhos que percorri inúmeras vezes, isso é tudo aqui. Meus pais deixaram Portugal em busca de uma vida melhor e escolheram um ótimo lugar. Um país que futuramente eu posso até deixar mas que sei que eventualmente retornarei para aqui ficar.

Lizandra Ongaratto/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER