Temas de Capa

VOX POP

Pais e Filhos

VOXPOP-canada-mileniostadium
Créditos: DR.

Expectativa, ansiedade, medo… Essas são algumas das palavras mais ouvidas entre pais e alunos que se preparam para um novo ano letivo que se aproxima. A retomada da vida escolar, mesmo com a imposição de novas regras e restrições ainda em vigor, se aproximará um pouco mais do conhecido como “normal” por todos nós. Os altos índices de vacinação devolveram algumas liberdades para os moradores de Ontário e motivaram as autoridades a garantir que os estudantes tenham a importante chance de vivenciarem o ambiente escolar de forma presencial. Entretanto a pandemia ainda é uma realidade e devido à variante Delta, mais transmissível, esse retorno apresenta muitos riscos. Nesta semana o Milénio Stadium conversou com pais e alunos da comunidade lusófona para descobrir o que pensam sobre a volta às aulas, se consideram as medidas anunciadas pelo governo suficientes se se sentem seguros.

PAIS

  • Alessandra Falcone, 39 anos, Assistente de direção

1-  Qual a sua expectativa para o retorno das aulas presencias a partir de setembro?

Acho importante o retorno das atividades escolares presencias, para as crianças e principalmente para os adolescentes. Muitos pais trabalham fora e a preocupação de deixar os filhos em casa ou em daycare, que é o meu caso, vai terminar. Estou  aliviada, confesso.

2- O Governo de Ontário apresentou uma série de medidas na tentativa de evitar infecções e surtos nas escolas. Os alunos ainda terão que usar máscaras, manter o distanciamento e melhorias no sistema de ventilação foram implementadas, entre outros pontos. Acha que será o suficiente? Sente-se seguro/a em mandar seu filho de volta à escola?

Penso que o governo não brinca neste sentido, as medidas tomadas estão sendo apropriadas, mas penso se os alunos irão permanecer com as máscaras o tempo todo, na verdade a preocupação maior que tenho é com os professores, acho que deveriam ser examinados toda semana.

3-A vacinação entre professores e funcionários é recomendada, mas não obrigatória. Os que não estão vacinados deverão ser submetidos a testes frequentes. O que você acha disso?

Como disse acima, acho a escola um ambiente seguro, diferente de uma academia que hoje foram autorizadas a reabrirem, mas os professores serão examinados? Não vi nada na mídia sobre este assunto. Sei que os profissionais da área da saúde são testados frequentemente. Não acho que professores que não foram vacinados deveriam voltar a dar aulas.

4- Como você analisa o último ano letivo com aulas online? Gostou da experiência, por quê?

Essa foi uma medida necessária, mas as aulas online não têm o mesmo impacto no ensino como a presencial. Não sei ao certo se gostei ou não, acho que futuramente isso terá uma resposta.


  • Ashley Bandeira, 33 anos, Recepcionista

1-  Qual a sua expectativa para o retorno das aulas presencias a partir de setembro?

A minha expectativa para o regresso às aulas é de que tudo corra bem, e que as escolas não fechem para o bem de todas as crianças, pois eu acho muito importante eles frequentarem a escola.

2- O Governo de Ontário apresentou uma série de medidas na tentativa de evitar infecções e surtos nas escolas. Os alunos ainda terão que usar máscaras, manter o distanciamento e melhorias no sistema de ventilação foram implementadas, entre outros pontos. Acha que será o suficiente? Sente-se seguro/a em mandar seu filho de volta à escola?

Sim, sinto-me segura em mandar o meu filho para a escola, desde que os professores e os alunos sigam as normas de segurança, mas acho muito importante meu filho voltar para as aulas presenciais.

3- A vacinação entre professores e funcionários é recomendada, mas não obrigatória. Os que não estão vacinados deverão ser submetidos a testes frequentes. O que você acha disso?

Prefiro não me pronunciar muito sobre a vacina, mas acho desnecessário os alunos serem submetidos a testes frequentes.

4- Como você analisa o último ano letivo com aulas online? Gostou da experiência, por quê?

Não gostei da experiência, acho que não beneficiou em nada o meu filho, não é o melhor método de ensino, acho que afetou demasiado a saúde mental dele, espero que não voltem as aulas online neste ano lectivo.   


  • Priscila Marins, 28 anos, Jornalista/Gerente de Projetos

1-  Qual a sua expectativa para o retorno das aulas presencias a partir de setembro?

É um misto de sentimentos. Havia uma expectativa que eles estarariam vacinados a esta altura, o que não aconteceu ainda para todas as crianças, trazendo frustração.  E há uma insegurança por conta da variante Delta. Minha expectativa agora é que, com todos os cuidados necessários, a escola seja um ambiente seguro e saudável para os nossos pequenos.

2-    O Governo de Ontário apresentou uma série de medidas na tentativa de evitar infecções e surtos nas escolas. Os alunos ainda terão que usar máscaras, manter o distanciamento e melhorias no sistema de ventilação foram implementadas, entre outros pontos. Acha que será o suficiente? Sente-se seguro/a em mandar seu filho de volta à escola?

Dizer que será o suficiente é difícil. Sabemos que, por mais cuidado que tenhamos, o vírus e suas variantes podem nos surpreender. Mas em tê-los já me sinto mais segura, pois sei que as chances diminuem.

3-    A vacinação entre professores e funcionários é recomendada, mas não obrigatória. Os que não estão vacinados deverão ser submetidos a testes frequentes. O que você acha disso?

Não concordo. Na minha opinião, todos os professores e funcionários deveriam, a esta altura já prestes ao retorno das aulas, estarem completamente vacinados. Tentando ver pela perspectiva de mãe, cidadã e apoiadora da democracia e dos direitos humanos, não julgo como invasivo exigir a vacinação para este tipo de trabalhador. Não é algo que afete apenas a vida deles, como alguém que está em home office. É uma profissão que serve a comunidade e a sociedade como um todo. E exige uma responsabilidade imensa. Por que agora sonegar esta que a vida e os novos tempos exigiram? Vacina é proteção, é ciência, é vida!

4-    Como você analisa o último ano letivo com aulas online? Gostou da experiência, por quê?

Terrível. Minha filha cursou o último ano inteiro online. De um lado, professores perdidos para aprender novas tecnologias e formas diferentes de ensinar o conteúdo. Do outro, pais desorientados precisando muitas vezes serem suporte sem nunca terem estudado pedagogia. E no meio, crianças horas a fio na frente da tela, sub-estimulados e estressados – quando deveriam ser tratados como verdadeiros heróis da resistência à pandemia. O isolamento social em uma fase de pleno desenvolvimento deixou marcas profunda nas crianças dessa geração. Fica a esperança de um outono o mais normal possível! Repleto de brincadeiras não virtuais, risadas em grupo bem altas para compensar a tristeza desse ano e muitas atividades estimulantes para o cérebro e para o corpo! E com vacina!


VOXPOP-canada-mileniostadium

FILHOS

 

  • Tristan, 13 anos, Grade 8

1-   Depois de quase um ano com aulas online, como você está se sentindo em voltar às aulas presencias?

Estou me sentindo muito aliviado e feliz e ansioso para ver mais meus amigos, porque sinto que me saio melhor frequentando a escola pessoalmente.

2- A pandemia ainda ameaça a saúde de todos nós, e por isso diversas medidas de segurança vão ser adotadas para este retorno à escola. Acha que será desconfortável por exemplo, ter de usar máscara o tempo todo, manter o distanciamento entre colegas ou outras adaptações que serão parte dessa “nova” realidade?

No ano passado por algumas vezes já estudei tendo que usar máscara e foi fácil para mim porque usar máscara era algo que eu fazia antes, muitas vezes, quando estava doente, então isso não me abala. Estou bem com essa nova realidade porque todos vão redobrar os cuidados.

3- Você tem medo de ser infectado na escola ou acha esse um ambiente seguro?

É realmente 50/50 porque algumas crianças decidem não cumprir os protocolos de segurança, mas para aquelas que cumprem o que é recomendado, acho que ficaremos bem. Não estou preocupado em ser infetado na escola porque já estou totalmente vacinado.

4 –  Como se sentiu durante esse último ano escolar com as aulas sendo praticamente apenas virtuais? Sentiu falta de ir à escola e ver pessoalmente os colegas? Acha que conseguiu aprender da mesma maneira?

Eu odiei as aulas online, não gostei nem um pouco. Perdi muitas oportunidades de aprendizado e recursos capazes de me ajudar com meu TDAH. Senti falta de ver todos os meus amigos.


  • Bárbara Monteiro, 12 anos, Grade 8

1-   Depois de quase um ano com aulas online, como você está se sentindo em voltar às aulas presencias?

Sinto-me bem. Acho que vai ser muito bom voltar ver os meus amigos, depois de um ano separados.

2-    A pandemia ainda ameaça a saúde de todos nós, e por isso diversas medidas de segurança vão ser adotadas para este retorno à escola. Acha que será desconfortável, por exemplo, ter de usar máscara o tempo todo, manter o distanciamento entre colegas ou outras adaptações que serão parte dessa “nova” realidade?

Não, não acho que vai ser desconfortável. Nós já temos regras para os espaços públicos e, aliás, no ano passado quando as aulas começaram também tivemos que usar máscaras. Já estou habituada a usar a máscara para qualquer lugar e não estou preocupada com a “nova realidade” porque vai ser a nossa rotina diária.

3- Você tem medo de ser infectado na escola ou acha esse um ambiente seguro?

Penso que não devo contrair a Covid na escola por três razões. Primeiro porque já estou vacinada e metade dos alunos da minha escola também; segundo porque o uso da máscara é obrigatório dentro e fora da escola e terceiro porque a escola onde ando é muito cuidadosa. No ano passado só houve um caso de Covid na escola.

4- Como se sentiu durante esse último ano escolar com as aulas sendo praticamente apenas virtuais? Sentiu falta de ir à escola e ver pessoalmente os colegas? Acha que conseguiu aprender da mesma maneira?

Senti-me muito sozinha durante as aulas virtuais, porque fiquei numa turma onde não conhecia ninguém. Também tive alguma dificuldade em aprender, porque quando tinha dúvidas não era fácil tirá-las com o professor. Tenho muitas saudades de aulas presenciais. E estou ansiosa por voltar para a escola em setembro!


  • Jason, 11 anos, Grade 6

1-   Depois de quase um ano com aulas online, como você está se sentindo em voltar às aulas presencias?

Sinto-me feliz, pois prefiro ter aulas presenciais e estou ansioso para poder estar com meus amigos.

2- A pandemia ainda ameaça a saúde de todos nós, e por isso diversas medidas de segurança vão ser adotadas para este retorno à escola. Acha que será desconfortável, por exemplo, ter de usar máscara o tempo todo, manter o distanciamento entre colegas ou outras adaptações que serão parte dessa “nova” realidade?

Já estou habituado ao uso de máscara, acho que vou me adaptar bem a esta nova realidade, só tenho que respeitar o que me for pedido na escola.

3- Você tem medo de ser infectado na escola ou acha esse um ambiente seguro?

Sim, tenho um pouco de medo porque acho que ninguém quer ser infectado, mas se seguirmos todas as regras de segurança acho que vai correr tudo bem.

4- Como se sentiu durante esse último ano escolar com as aulas sendo praticamente apenas virtuais? Sentiu falta de ir à escola e ver pessoalmente os colegas? Acha que conseguiu aprender da mesma maneira?

Senti muito a falta dos meus amigos, foi o que mais me custou. E não aprendi da mesma foram, foi um ano difícil que não gostava de repetir, espero poder ficar em aulas presenciais este ano.


  • Caio Lisboa, 17 anos, Grade 12

1-   Depois de quase um ano com aulas online, como você está se sentindo em voltar às aulas presencias?

Me sinto animado e aliviado por finalmente poder estar em um ambiente de estudo novamente.

2- A pandemia ainda ameaça a saúde de todos nós, e por isso diversas medidas de segurança vão ser adotadas para este retorno à escola. Acha que será desconfortável, por exemplo, ter de usar máscara o tempo todo, manter o distanciamento entre colegas ou outras adaptações que serão parte dessa “nova” realidade?

Eu compreendo as novas medidas de segurança, por mais que eu pessoalmente não sinta completamente confortável com o uso de máscaras, eu ainda entendo a nossa situação, ainda estou feliz em retornar.

3-Você tem medo de ser infectado na escola ou acha esse um ambiente seguro?

Pessoalmente me sinto seguro e confortável na escola pois eu sei das novas medidas de segurança e também sei que a grande maioria dos meus colegas estarão vacinados.

4-Como se sentiu durante esse último ano escolar com as aulas sendo praticamente apenas virtuais? Sentiu falta de ir à escola e ver pessoalmente os colegas? Acha que conseguiu aprender da mesma maneira?

Aulas virtuais para mim foram extremamente difíceis.  Tive um grande sentimento de injustiça e também dificuldade de achar qualquer motivação para seguir em frente com os estudos. Senti sim bastante falta dos meus colegas e de todos os professores. Não consegui aprender com as aulas virtuais, pois a falta de motivação e de ajuda foi grande.

Lizandra Ongaratto/MS

Leia os VOX POPs do Milénio Stadium, clique aqui.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER