Temas de Capa

Toronto o que é para si hoje? Gosta da cidade para viver ou trabalhar?

 

Com perguntas deste género abordámos várias pessoas e apresentamos aqui as suas respostas. A ideia foi ouvir pessoas que sentem e vivem em Toronto ou nas cidades mais próximas. E o desenho que fazem traz tons demasiado cinzentos para pintar uma cidade que tem uma beleza natural de invejar.

MB/MS

Melissa Santos , 35 anos

Só se existe em Toronto. Trabalhamos para usar esse dinheiro apenas para pagar a renda e a alimentação. Se não tens casa própria e se não ganhas pelo menos $10.000 por mês, a tua qualidade de vida é drasticamente precária e corres um risco extremamente elevado de te tornares um vagabundo, com uma perda de emprego ou um aumento da renda.
Resumindo, Toronto é atualmente uma cidade onde as pessoas se limitam a trabalhar arduamente para pagar rendas ou hipotecas, cada vez mais altas, a um senhorio ou a um banco. É quase impossível circular de carro. É só obras, obras, obras… É claro que Toronto tem coisas boas, por isso somos tantos ainda a viver aqui – os parques, a frente junto ao lago e mais coisas -, mas acho que a cidade e os governos têm que começar a pensar mais no que estão a fazer a esta cidade maravilhosa.

 

Fernando Silva, 82 anos

Eu tenho pena dos mais novos que vêm para aqui com a ilusão de que vão fazer muito dinheiro. Quando eu vim, em 1970, também não foi fácil, tive que trabalhar muito, mas deu para ir juntando o meu dinheirinho e consegui comprar a minha primeira casa ao fim de 3 anos. Agora? Coitados dos jovens e dos pais deles que têm que os ajudar. Não é fácil para eles, mas também está difícil para os mais idosos que não conseguiram juntar dinheiro para ter uma reforma melhor. Há muita gente a viver mal ou, pelo menos, remediado. E sair à rua nesta cidade? Olhe eu já só uso o streetcar ou a bus, porque também já nem posso conduzir, mas mesmo se pudesse… nem pensar meter-me neste trânsito de loucos.

 

Joe Oliveira, 60 anos

A qualidade de vida em Toronto está a diminuir muito. Rendas elevadas, os salários não chegam para tudo, tudo mais caro, está cada vez pior o acesso à saúde, há muito mais insegurança… Uma boa qualidade de vida significa uma carreira estável, um rendimento estável, benefícios de saúde alargados e segurança em termos de carreira, saúde e bem-estar pessoal.
Toronto já não é uma cidade que oferece tudo isto a quem por cá vive. O Canadá está a vender aos recém-chegados uma mentira baseada numa economia que já não existe. Os canadianos estão a sentir o aperto, mas o governo planeia agravar esta crise imobiliária e económica abrindo as portas a cada vez mais imigrantes. Onde isto vai parar, não sei e se calhar ninguém sabe.

 

Maria Oliveira, 58 anos

Eu não vivo em Toronto, vivo e trabalho em Mississauga, que também está uma desgraça, é só obras por todo o lado, mas agora só vou a Toronto quando tem mesmo que ser. O trânsito está impossível, para chegar a horas a algum lado tens que sair com imenso tempo de antecedência. E se havia coisa que gostava era de ir para Toronto, passear, ver amigos ou assistir a algum espetáculo. Agora, penso 30 vezes antes de ir. Em carro próprio é de loucos e nos transportes públicos uma pessoa até tem medo, é só notícias de esfaqueamentos e coisas assim. Olhe vou ficando cada vez mais por aqui.

 

Nathan Soares, 32 anos

Toronto é um sítio muito difícil para se viver. Sim, têm ótimos cuidados de saúde, mas de que serve se tem que se esperar meses pela nossa vez, porque os médicos são difíceis de encontrar. Atualmente, os custos são incrivelmente elevados. Tenho um amigo que vivia aqui, mas atualmente vive em Bucareste e ele diz que é bem mais fácil viver lá, com médicos em cada esquina, o trânsito muito melhor, os preços são muito mais baratos e, após alguns anos a trabalhar, já se consegue comprar uma casa. Eu vivo num apartamento alugado e tenho que trabalhar bem para o pagar e viver com alguma folga.

 

Nellie Johnson, 42 anos

Vivo aqui há muitos anos, eu adorava Toronto, tinha mesmo orgulho nesta cidade. Linda, limpa e muito acolhedora. Agora?? Toronto é uma cidade para os ricos. As pessoas são obrigadas a pagar 800 dólares de renda ou mais, por mês, para partilhar uma cama com várias outras pessoas dentro de um quarto. Não há hipótese de conseguir alugar o seu próprio apartamento! É demasiado caro e não há empregos que paguem bem! Além disso é impossível circular em algumas zonas da cidade. Não percebo como é possível tanta obra ao mesmo tempo. Fica tudo entupido.

 

Jennifer Houston, 27 anos

A qualidade de vida está a diminuir em Toronto. Um emprego não garante um lugar para viver. As cidades de tendas são comuns. Os sem-abrigo são um problema grave. A desigualdade está a piorar. O trânsito está impossível. Enfim, esta já não parece a cidade onde nasci… e não há políticos que façam algo para mudar este caminho. Muito triste. Viu a notícia de que o Niall Horan teve que ir a pé para o sítio onde ia acontecer o concerto dele, para conseguir chegar a horas? Uma vergonha para Toronto.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

O Facebook/Instagram bloqueou os orgão de comunicação social no Canadá.

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER