Temas de Capa

Toronto e o sistema de abrigos

st-simon-s-shelter

 

A cidade continua a registar uma procura sem precedentes de espaço de abrigo, devido a vários fatores. As tensões causadas pela pandemia de COVID-19, a crise de envenenamento por opiáceos e a falta crítica de habitação de apoio e a preços acessíveis contribuem para que muitas pessoas enfrentem dificuldades significativas, colocando-as na necessidade de abrigo e apoio de emergência. A crise nacional da habitação, o aumento da inflação e outros desafios económicos estão também a aumentar as pressões sobre o sistema.

Em Ontário, há também uma falta de apoios significativos ao rendimento, como as taxas de benefícios do Ontario Works e as taxas do Ontario Disability Support Program, que continuam a ser demasiado baixas para cobrir o abrigo individual e as necessidades básicas em Ontário e especialmente em Toronto. Na primavera de 2022, a Câmara Municipal ordenou a formação de um sistema de abrigo dedicado aos refugiados que oferece serviços distintos para atender às necessidades exclusivas desses indivíduos.

O sistema global de abrigos acolhe atualmente cerca de 9.000 pessoas por noite, sendo que cerca de 35% destas pessoas são refugiados – e esta percentagem está a aumentar.

Os abrigos de emergência, juntamente com programas e apoios específicos, estão disponíveis para satisfazer as necessidades únicas de qualquer pessoa sem-abrigo, independentemente do seu estatuto de imigração ou país de origem. A cidade utiliza os termos “refugiado” e “requerente de asilo” indistintamente. Por conseguinte, estes grupos não são contabilizados separadamente. Toronto continua a enfrentar uma procura sem precedentes de serviços de abrigo e, infelizmente, atualmente temos de recusar várias pessoas que solicitam espaço de abrigo, tanto requerentes de asilo como não-refugiados. O sistema de abrigos – tanto os programas básicos como os específicos para refugiados – está a atingir a sua capacidade máxima. Se houver disponibilidade de espaço, os funcionários irão trabalhar para encaminhar as pessoas que telefonam para o sistema de abrigo para refugiados.
Atualmente, existem 13 programas que compõem o sistema de abrigos para refugiados, que fornecem abrigo de emergência e apoios abrangentes especificamente orientados para ajudar os refugiados a estabelecerem-se, a criarem ligações na comunidade local e a garantirem alojamento. Embora estes programas ofereçam alojamento a cerca de 2.000 pessoas, continuam a ter a sua capacidade esgotada e, em grande parte, não são financiados.
A cidade contribui com financiamento para 500 espaços de abrigo para refugiados, que está empenhada em manter. Quaisquer serviços para além destes requerem fundos do governo federal. A cidade necessita de 97 milhões de dólares para cobrir os custos projetados para 2023 e de um modelo de financiamento justo e sustentável para continuar a responder ao número crescente de requerentes de asilo que chegam a Toronto e que necessitam de abrigo de emergência. A necessidade de recursos adicionais é urgente.
A resolução do problema dos sem-abrigo requer a experiência, a perspicácia e o conhecimento de muitas organizações, incluindo todos os níveis de governo, organizações sem fins lucrativos, grupos religiosos e outras agências comunitárias que podem oferecer abrigo e assistência aos refugiados sem abrigo.
A cidade continua a trabalhar em conjunto com os nossos parceiros federais e provinciais num plano sustentável e a longo prazo para garantir que as pessoas têm abrigo e habitação dignos quando chegam a Toronto ou a qualquer outra parte da região.

Anthony Toderian -Relações com a Comunicação Social/Município de Toronto

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

O Facebook/Instagram bloqueou os orgão de comunicação social no Canadá.

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER