Temas de Capa

Tic-toc, tic-toc

Tic-toc, tic-toc-capa-mileniostadium
Jahmil French, Paulo Gustavo, Rogério Samora, Maria João Abreu, Marília Mendonça, Magazino. Créditos: DR.

Este foi um ano de m****. Com a vossa licença, ou mesmo sem ela. Porque hoje uso as palavras todas do dicionário, tal e qual como elas são, sem perder tempo, já que tempo é algo que nem todos temos.

Faço um programa semanal para a Camões TV, ao lado da Adriana Marques, que se chama Timeline. Durante esse espaço televisivo, falamos sobre os acontecimentos da semana, no mundo da música, cinema, celebridades no geral – tudo o que foi falado nas redes sociais, está lá. Acontece que, talvez por esse motivo, ainda me sinto mais incomodada, porque passei um ano a dar notícias de mortes. Sim, mortes. Ou por Covid-19, ou por paragem cardíaca, ou por acidente, ou por suicídio. Mortes. Várias. Demasiadas. O meu ano, assim de repente, foi marcado por isso. E olhem que não estou aqui na vibe negativa, adorava dizer que olho para trás e há mil cenários interessantes e que me marcaram mais do que isto. Mas foi isto. E isto é de tal modo impactante que me consome o tempo por saber que podemos nem ter tempo para o tempo que queremos ter. Atrofia-me a vontade de aproveitar tudo com calma e serenidade, porque sou bofeteada pela ansiedade de viver tudo, muito rápido, agora e já, enquanto dá. Viver por mim, mas viver pelos outros e com os outros, aproveitá-los e amá-los, sei lá bem como, mas tenho esse compasso dentro de mim há uns meses.

  • Maria João Abreu, fantástica e muito querida por todos, a atriz portuguesa morreu aos 57 anos. 
  • Rogério Samora, ator português com talento reconhecido por todos, morreu aos 63 anos.
  • Magazino, DJ português que nos encheu a vida de lições de como ser alguém bonito e positivo, morreu aos 44 anos. 
  • Paulo Gustavo, humorista brasileiro, reconhecido por todos pelo seu enorme e peculiar talento, morreu aos 42 anos.
  • MC Kevin, conhecido cantor de funk brasileiro, morreu aos 23 anos.
  • Marília Mendonça, das cantoras mais famosas do brasil e ouvida por muitos em qualquer parte do mundo, morreu aos 26 anos.
  • Carlos Marín, cantor do famoso grupo Il Divo, morreu aos 53 anos.
  • Jahmil French, ator canadiano da conhecida série “Degrassi”, “Flashpoint”, do filme “Boost”, da série “Soundtrack” na netflix e protagonista de tantos, tantos, outros projetos, principalmente daquele que é a minha vida, morreu aos 29 anos.

Como devem perceber, este último tocou-me claramente de forma diferente, pessoal. No entanto, soube da notícia da mesma forma que soube as outras. Abri a página da CBC e voilà, fotografia do meu melhor amigo com respetiva legenda. Confidencio-vos que aqueles primeiros 30 segundos entre reler o que estava à minha frente e ligar para o telemóvel dele foram galopantes e afiados como uma faca. Quando me pediram para escrever um texto sobre o que me marcou mais este ano, nada mais me veio à cabeça: foram esses instantes. 

Ao contrário de todas as leituras que eu e a Adriana fizemos ao longo do ano, esse acontecimento extrapolou o meu lado profissional. Existem notícias tristes de dar e outras que simplesmente não se dão. Essa eu não a dei, mas queria ter tido coragem para dar, porque não a queria para mim.

Um ano marcado pelo alerta barulhento de que a vida é limitada. Ou lhe damos a mão e vivemos agarrados a quem nos faz bem, apreciando o que de bom há por aqui para se ser feliz, ou vamos perder o tempo que nos deram a gastar energias com quem nos traz negativismo e insatisfação. 

Eu, agora mais do que nunca, foco-me em tentar dar valor apenas ao que tem de ter valor, apreciar quem eu amo e quem me ama, viver com vontade de saborear o que me faz sorrir, de verdade, por dentro. Caros leitores, permitam-me a ousadia de lhes sugerir que pensem como eu e assim, talvez, quem sabe, podemos todos ser muito mais do que temos sido e passemos a aproveitar melhor o tempo que nos foi carimbado. 

Catarina Balça/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER