Temas de Capa

Portugal em Toronto: Ponte de sabores

Empenhados em dar ao cliente o melhor produto, preocupando-se sempre com a qualidade em primeiro lugar, o Távora Foods é um dos locais de ponto de encontro com Portugal em terras canadianas. Procurados não apenas por portugueses, os supermercados da família Távora são responsáveis por assegurar muito do que os luso-canadianos residentes na GTA desejam para garantir em casa uma alimentação muito baseada na gastronomia portuguesa.

Apostando sempre na variedade da sua oferta, seja nos seus talhos ou conhecidas peixarias, seja nos produtos de mercearia que nos fazem sentir muito em casa, ou até na oferta de legumes próprios da alimentação mediterrânica, as lojas Távora Foods aproximam-nos daquilo que somos e ajudam-nos a matar saudades daquilo que Portugal nos dá de tão bom.

Assim nos garante Paul Távora, explicando-nos, nesta edição do jornal Milénio Stadium, que tem como um dos principais objetivos vincar essa ligação entre os portugueses aqui residentes na GTA e o nosso país do outro lado do mar, mostrando-se muito orgulhoso por conseguir ser essa ponte de sabores.

 

milenio stadium - paulotavoraMilénio Stadium: Assim sendo, o que nos pode dizer sobre os cuidados que têm na escolha dos produtos que oferecem aos vossos clientes?
Paul Távora: Quando se trata dos nossos departamentos de produtos frescos, de peixe, de carne, etc, para nós a qualidade, frescura, e alimentos de origem adequada é a coisa mais importante. Procuramos comprar mantendo uma forte ligação com os nossos fornecedores, os preços são negociados regularmente, e esforçamo-nos por vender esses produtos alimentares frescos de qualidade a preços mais baixos do que muitos dos grandes grossistas.
No que diz respeito aos alimentos secos ou bebidas nacionais que são importados, o grau de qualidade do produto é o mais importante. Também apreciamos as empresas que fazem um esforço substancial na conceção e embalagem, no entanto, mais importante do que isso torna-se a poupança de custos para o cliente. Em suma, tentamos atender a uma população maior, transportando uma gama de produtos variados, desde produtos gourmet a produtos de baixo custo, ou de marcas nacionais populares a produtos importados de gama alta.

MS: Concretamente em relação ao peixe, pode dizer-nos qual é a proveniência da maior parte do peixe que é vendido nas vossas peixarias?
PT: Os três principais países dos quais o nosso peixe fresco é importado são Portugal, Grécia e América. Transportamos uma grande seleção de tipos de peixe tradicionais e únicos de Portugal. Atualmente tem sido difícil ter as nossas encomendas completamente cumpridas e, como tal, vendemos muito rapidamente. Se não fosse este o caso, o nosso peixe proveniente de Portugal poderia ter ocupado o primeiro lugar aqui. No entanto, por muito bom que seja o peixe fresco que recebemos dos nossos vizinhos nos EUA, eu teria de dizer que a Grécia, que nos fornece os filetes de robalo e douradas, ocupa o primeiro lugar na categoria.

MS: Por que razão é que acha que a peixaria foi destacada? O que faz com que ela seja particularmente apreciada pelos clientes portugueses?
PT: O nosso departamento de peixe fresco é uma parte essencial do nosso negócio, e ajuda a compensar quem somos como supermercado. Não se veem muitos lugares que estejam dispostos a satisfazer os clientes com aquilo que procuram – o peixe fresco e saudável. Eu cresci com a ideia de que devia comer peixe pelo menos três vezes por semana. Isto é o que torna os nossos departamentos de peixe fresco especiais. Encontra-se aqui uma grande seleção de peixe que oferece inúmeras delícias culinárias.

MS: Relativamente aos produtos que provêm do mercado português, considera que mais do que uma aposta rentável é também uma missão do Távora continuar a oferecer este tipo de produtos?
PT: Absolutamente, sem dúvida. Temos tanto para oferecer com os produtos únicos que importamos de Portugal. Estamos muito orgulhosos de transportar estes produtos. Sabemos que estamos a oferecer produtos de grande qualidade e, ao mesmo tempo, a poupar dinheiro aos nossos clientes. É disto que se trata o Távora Foods e queremos levar esta tradição por muitos anos.

MS: Os pastéis de nata são, como se sabe, apreciados não apenas pelos portugueses – são talvez dos doces portugueses mais internacionais – e existem em quase todas as pastelarias portuguesas na GTA. O que é que as vossas natas têm de diferente para serem nomeadas como sendo das melhores da região?
PT: Oferecemos boas condições no local de trabalho e um ambiente positivo. Combinamos isso com ingredientes de qualidade, uma receita secreta e um toque artesanal. Misturamos tudo isso e o produto final é uma crosta crocante e aveludada e um recheio rico, cremoso e aveludado. Simplesmente não pode ser feito de outra forma.

MS: Nesta altura de verão nota que há uma maior procura, no vosso supermercado, por que tipo de produtos? O que é que vende mais?
PT: A primeira coisa que me vem à mente é Picanha. Houve um tempo em que eu diria Sardinhas, e ainda está lá no topo da lista, mas, nós somos tão bem conhecidos pela nossa carne fresca de qualidade como somos pelo nosso peixe fresco e/ou congelado. Obviamente, coisas como bebidas e condimentos também aumentam as vendas durante os meses mais quentes do Verão. Ooops! Quase me esquecia, Carvão Vegetal. Um produto que se vende muito e que também importamos de Portugal.

Catarina Balça/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER