Temas de CapaBlog

Olimpíadas 2020 – Jogos Verdes

Os Jogos Olímpicos deste ano vão ser marcados pela preocupação vincada com o meio ambiente. Os Jogos “verdes” estão este ano a marcar pela inovação e hoje contamos-lhe porquê.

 Olimpíadas 2020 - Jogos Verdes-tokio-mileniostadium
Créditos: DR.

Desde a utilização de hidrogénio para a tocha olímpica à utilização de eletrónica reciclada para produzir as honrosas medalhas, os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 têm em vista a criação de uma competição desportiva sustentável. Este é considerado o maior evento desportivo mundial e por isso, a organização dos Jogos Olímpicos decidiu ter a sustentabilidade como foco e a dar espaço mediático a este assunto tão importante neste palco global, incorporando uma série de mudanças históricas – as primeiras da história.

“Queremos abordar a questão das alterações climáticas e, portanto, gerir adequadamente os recursos durante os Jogos Olímpicos”, afirma Yuki Arata, diretor sénior para a Sustentabilidade de Tóquio 2020. “Esperamos que a abordagem que estamos a adotar para estes Jogos Olímpicos, como por exemplo reutilizar madeira para fazer bancos para instalações públicas para áreas locais (…) permaneça na mente (das pessoas) como uma boa memória destes Jogos Olímpicos a ser transmitida à próxima geração”, diz Yuki Arata. “Os Jogos Olímpicos são um grande evento que atrai grandes audiências, bem como atletas. Pensamos que é uma enorme oportunidade para abordar a questão da sustentabilidade”, acrescenta ele.

Embora seja a segunda vez que a capital japonesa acolhe o evento – sendo que se estreou como palco das Olimpíadas em 1964 – esforçou-se por criar este ano os Jogos mais inovadores da história.

Olimpíadas 2020 - Jogos Verdes-tokio-mileniostadium
Créditos: DR.

Medalhas olímpicas feitas a partir de telefones

Podemos começar pelo fim, dizendo desde já que as medalhas olímpicas, por exemplo, são recicladas, feitas com 6,21 milhões de telemóveis usados! As valiosas medalhas foram produzidas a partir de pequenos dispositivos eletrónicos recolhidos em todo o Japão. Tóquio 2020 é o primeiro evento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos da história a envolver os cidadãos na criação das cobiçadas medalhas a partir de metais reciclados, tornando ainda mais especial o feito desportivo.

Garantir que cada uma das medalhas atribuídas no momento de premiação fosse feita a partir de metais recicláveis não foi proeza pequena. O metal utilizado para fabricar aproximadamente 5.000 medalhas de ouro, prata e bronze levou dois anos a ser recolhido. Foram recolhidas cerca de 79.000 toneladas de pequenos dispositivos eletrónicos usados, incluindo 6,21 milhões de telemóveis, e posteriormente reciclados em 32kg de ouro, 3.500kg de prata e 2.200kg de bronze.

Olimpíadas 2020 - Jogos Verdes-tokio-mileniostadium
Créditos: DR.

Tocha olímpica acesa por hidrogénio

A icónica tocha olímpica, que simboliza historicamente a pureza e a realização humana, está também ela a criar o seu impacto ambiental positivo.

Para fabricar a tocha dos Jogos deste ano, foram utilizados os resíduos de alumínio de habitações temporárias que foram construídas na sequência do grande terramoto do Japão Oriental em 2011. Para além disso, será utilizado hidrogénio para alimentar os caldeirões olímpicos e paralímpicos em Tóquio e também para manter a tocha viva durante a sua viagem através do Japão. De lembrar que o hidrogénio não emite CO2 quando queimado, e pensa-se que esta primeira decisão histórica é a chave para alcançar a tão desejada economia com baixo teor de carbono.

Olimpíadas 2020 - Jogos Verdes-tokio-mileniostadium
Créditos: DR.

Camas de cartão

De acordo com o seu conceito “better, together – for the planet and the people” , que numa tradução livre defende ser “melhor, juntos – para o planeta e para as pessoas”, os atletas dormirão em camas de cartão reciclável. A Aldeia dos Atletas está localizada ao longo da Baía de Tóquio, com 18.000 camas que foram fabricadas a partir de materiais renováveis.

Esta aposta foi recebida inicialmente com controvérsia quando anunciada, no entanto, o diretor-geral da Aldeia de Atletas Takashi Kitajima disse à AP News que as camas suportam até 200 quilos. “São mais fortes que as camas de madeira”, disse ele. “Claro que tanto a madeira quanto o cartão partiriam se se saltasse para cima deles”.

Após o evento, os organizadores dizem que as camas de cartão serão recicladas em produtos de papel e os componentes do colchão, que não são feitos de cartão, serão reciclados em artigos de plástico.

Olimpíadas 2020 - Jogos Verdes-tokio-mileniostadium
Créditos: DR.

Energia renovável

Com o objetivo de alcançar um Jogos Olímpicos neutros em carbono, Tóquio 2020 está a promover a eficiência energética. A energia utilizada durante o evento será fornecida por fontes renováveis, incluindo energia solar, biomassa e hidroelétrica.

Estas são apenas algumas das formas como os Jogos Olímpicos de 2020 irão mudar a história olímpica, neste ano tão atípico, com uma pandemia a obrigar por si só a várias diferenças.

Olimpíadas 2020 - Jogos Verdes-tokio-mileniostadium
Créditos: DR.

Pódios fabricados a partir de plástico reciclado

Os grandes pódios onde os atletas ficarão com as medalhas orgulhosamente penduradas ao pescoço também darão um toque amigo ao meio ambiente. Os frascos de champô doados pelo público e recuperados do oceano estão entre os artigos de plástico utilizados no fabrico dos pódios para as cerimónias de medalha dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Após o evento, os pódios serão reciclados em embalagens para os produtos P&G, e também serão reutilizados para uso educacional.

Olimpíadas 2020 - Jogos Verdes-tokio-mileniostadiumFardas olímpicas produzidas a partir de garrafas de plástico

Os uniformes de quem transportará a tocha foram feitos a partir de garrafas de plástico reciclado, recolhidas pela Coca-Cola, enquanto que as roupas dos funcionários e voluntários dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 foram feitos a partir de outros materiais sustentáveis, incluindo poliéster reciclado e plantas. A cidade anfitriã também utilizou um processo especial de tingimento, que requer pouca água, para produzir o calçado que acompanha as fardas.

Olimpíadas 2020 - Jogos Verdes-tokio-mileniostadium
Créditos: DR.

Aldeia Olímpica de longa duração

Para construir a Aldeia Olímpica foi usada madeira de origem sustentável, doada por organizações locais japonesas. Após os Jogos, os materiais serão utilizados para bancos públicos ou edifícios públicos, com o objetivo de criar um legado olímpico duradouro e sustentável partilhado a nível nacional.

Catarina Balça/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER