Temas de Capa

Oh vinho criado nas verdes matas que embebedas, mas não matas mas fazes andar de gatas

O vinho é uma das mais antigas bebidas criadas pelo Homem. Sempre foi um composto mágico, reparem no que um bom vinho faz: mata a sede, mata a vontade, mata a saudade, faz nascer o calor, acende a paixão, desperta o amor, traz luz para a vida, sabedoria, bom gosto, desejo, alegra a mesa, acorda o homem, solta a mulher e ajuda a novas ideias. Isto é o que eu penso sobre o vinho, nada de novidade.

inho criado nas verdes matas-portugal-mileniostadium
Créditos: DR.

O vinho entre muitas coisas é uma fonte de rendimento, até aos séculos XII-XIII, altura em que o vinho entrou definitivamente nos hábitos das populações do Entre-Douro-e-Minho, a agricultura e a crescente circulação de moeda fizeram do vinho uma importante e indispensável fonte de rendimento. Uma mesa sem vinho e pão não se pode chamar de amor e paixão, até porque os entendidos dizem que no banquete da vida a amizade é o pão e o amor é o vinho, por isso está provado que o vinho tem muita importância na vida de todos nós.

Sobre o vinho sempre ouvi coisas engraçadíssimas, sempre gostei de ouvir histórias novas. Numa determinada altura um grande apaixonado por bons vinhos e um grande produtor contou uma história sobre como foi o início da poda. Hoje a qualidade e quantidade do vinho deve-se a um burro, que de burro nada tinha – este animal, como todos sabem, é resistente, consegue viver em locais quentes e com escassez de água e alimenta-se de vegetais e feno. Um determinado dia um produtor de vinho, como a ajuda nos trabalhos agrícolas era do burro, percebeu que o mesmo na passagem por perto das videiras de vez em quando lá tirava umas pontas das videiras para alimentação, o agricultor nunca se tinha apercebido. Na colheita seguinte ficou surpreendido com a quantidade de uvas nas videiras que o burro tinha retirado parte dos novos filhos – as uvas além de maiores e mais quantidade tinham outra qualidade, e assim se passou a podar as videiras.

O vinho tem das melhores coisas para a vida do cidadão, previne muitas doenças e diminui a possibilidade do aparecimento de outras. A realidade é que por isso vieram as denominações para proteger seus produtos de falsificações. A história diz que a primeira foi em Portugal – a região do Douro. Foi em setembro de 1756 que Marquês de Pombal assinou uma carta na qual ficou estabelecida a primeira DOC (Denominação de Origem Controlada) mas há quem diga que os primeiros vinhos a serem exportados e com mais qualidade, na altura, foram os vinhos verdes, mas como Marquês de Pombal, que era natural de Lisboa, estudou em Coimbra, estava mais interessado na defesa dos vinhos do Douro, e assim não assinou pela região dos vinhos verdes, foi assinar pela região do Douro para  proteger o local de origem do vinho do Porto, que economicamente era mais vantajoso para o país.  Assim estava criada a primeira DOC Douro, a primeira do mundo dos vinhos.

Não nos podemos esquecer que o homem aprendeu muito da sua forma de ser com o vinho, uma muito importante que foi aprendendo foi como tratar uma senhora. Como o vinho requer um tratamento desde a plantação da videira até ao engarrafamento e quanto mais cuidados houver e bem tratada for a videira, as uvas e todo o processo, melhor é o vinho, daí o homem passou a tratar a senhora com muito cuidado – quanto melhor for tratada melhor e mais qualidade tem. O gosto de um homem é ter tudo com muita qualidade.

Deixei aqui a minha opinião sobre o que de bom tem o vinho, e com alguns conhecimentos tirados na escola de enologia do Porto onde tive o privilégio de fazer uma formação de escanção, na altura a vida profissional obrigou-me a isso. Também vos deixo uma sugestão para este fim de semana, como ainda estamos em época quente peguem da prateleira um Alvarinho Muros de Melgaço, com um excelente aroma a folha de limoeiro e tangerineira, bem fresco. Pode ser servido como aperitivo, com bons peixes ou doces. 

Um bom vinho é como uma mulher especial, deve ser apreciado sem pressa.

Bom fim de semana.

Augusto Bandeira/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER