Temas de Capa

O virar de mais uma página

O virar de mais uma página-capa-mileniostadium
Créditos: DR.

Ora viva. Como estão?

Mais um fim de ano que pensávamos nós ser mais tranquilo e afinal esta nova variante do maldito vírus acabou por surtir este efeito de bola de neve.  Retrospetivas? É bom olhar bem para dentro de nós e perceber, afinal, o que nos é de mais valioso. Que bens temos nós mais chegados ao coração e dos quais não podemos mesmo prescindir?

Questões válidas que deveríamos colocar a nós próprios de quando em vez. A saúde tem sido e será uma das nossas maiores preocupações. A minha ansiedade ainda está na escala máxima. De tanto não saber o que esperar ao dobrar da esquina. Falo com pessoas e muitas delas próximas de mim e estão a ficar doentes. Fico muito preocupada com o rumo da nossa sociedade, onde as pessoas se preocupam mais com idas a festas em lugares populosos do que propriamente com a própria saúde e bem-estar – não só a deles, mas também a dos alheios. É triste perceber que o mundo ainda não entendeu que é importante cumprir as regras para sairmos desta vida incerta e tão angustiante. Compreendo o cansaço e a vontade de retomar a vida que tínhamos antes disto tudo, mas pelos vistos, ainda não chegou o tempo para isso. Ainda vamos ter que continuar a ser cuidadosos. Mesmo que a vacinação nos proteja mais, mesmo que o número de mortes tenha diminuído, temos que continuar a ter muito cuidado. Cumprir as regras de distanciamento, de higiene, etc. Só assim poderemos ajudar a eliminar esta pandemia. Cumprindo a nossa parte.

Todos esperávamos que este ano de 2021 tivesse tido o dom de terminar a pandemia, mas está visto que não. E está visto que 2022 ainda vai fazer perdurar os nossos medos. Mesmo sabendo que tem havido muitos erros por parte de quem nos devia orientar e, por vezes só contribuem para nos baralhar ainda mais, temos mesmo que fazer a nossa parte. Cada um de nós. Muito mais poderia eu dizer, mas fico-me por aqui. 

Desejo-lhe a si e aos seus um bom fim de ano. Um próspero e feliz 2022 e que o Ano Novo nos chegue com mais suavidade. Com maior paz e tranquilidade para nós, enquanto sociedade global.

É o que é e, para mim, vale sempre o que vale.

Fiquem bem.

Cuidem -se e tudo de muito bom.

Até já,

Cristina Da Costa/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER