Temas de Capa

Governo português disponível para ajudar Eva

A Secretaria de Estado das Comunidades garante que os serviços consulares em Toronto estão a acompanhar o caso da bebé filha de luso-canadianos diagnosticada com uma doença rara.

Berta Nunes, Secretária de Estado das Comunidades

Segundo noticiou o jornal Expresso, a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas manifestou-se disponível para ajudar a família de Eva, a bebé filha de luso-canadianos que foi diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal – Tipo 1 em Toronto. “A situação continuará a ser acompanhada pelos serviços consulares, na medida das suas competências e atribuições. A Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas estará ao dispor da família caso seja formulado algum pedido de apoio adicional”, afirmou ao Expresso fonte oficial do gabinete de Berta Nunes.

Ricardo e Jéssica Batista, os pais da bebé, confirmaram ao Milénio Stadium que ainda não solicitaram, formalmente, ajuda ao Estado português, tendo recorrido apenas em agosto aos serviços consulares em Toronto, para efeitos do registo de nascimento de Eva. No entanto, a Secretária de Estado das Comunidades, Berta Nunes, garante estar disponível para responder a um pedido de auxílio adicional. Ricardo Batista disse que está, neste momento, a aguardar o contacto direto do governo português para receber indicações de como deve proceder para poder receber o apoio tão desejado.

Eva nasceu no passado dia 11 de agosto em Toronto e foi-lhe diagnosticada às sete semanas uma Atrofia Muscular Espinhal – Tipo 1. A saúde de Eva passa pela administração do Zolgensma, conhecido como o fármaco mais caro do mundo, no valor de 2,8 milhões de dólares canadianos. Em meados deste mês, os pais de Eva lançaram a campanha ‘ForEvaStrong’ com vista à angariação de fundos para terem acesso ao mesmo medicamento que não está aprovado no Canadá. Neste momento, a bebé está a ser tratada com Spinraza, o fármaco para esta doença rara que é comparticipado a 100%. Entretanto, foi lançada também uma petição online para apelar à ministra da Saúde canadiana, Ginette Petitpas Taylor, a aprovação do Zolgensma no país.

Em Esposende, cidade portuguesa de onde é originária a família de Ricardo Batista, estão a ser promovidas várias iniciativas para ajudar Eva. Depois de uma caminhada solidária, vai realizar-se este sábado (2) um concerto no Pavilhão Municipal de Fão, cujos fundos reverterão na totalidade para a conta solidária entretanto aberta numa instituição bancária em Portugal.

A última atualização disponível (datada de 27 de outubro) relativamente ao montante angariado até ao momento, indica o valor de $623.987. Muito longe ainda dos 2,8 milhões CAD necessários. A esperança, no entanto, continua bem acesa e agora ficou bem mais reforçada com esta perspetiva de ajuda do estado português.

Madalena Balça

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER