Temas de Capa

Essa borboleta sou eu Stella Jurgen (cartoonist)

Desde tempo que tenho vontade de te escrever.  A distância e a tecnologia nos querem afastar cada vez mais. Whatsapp não pode emplacar a nossa necessidade de comunicar, de ter um momento contigo nem que seja para tomar um café.  A verdade é que há muito tempo que não partilhamos tempo juntas, mesmo quando estamos perto, sempre há qualquer outra coisa que toma prioridade.  Tenho que confessar que me sinto culpada por ter uma vida héctica, por estar tão imersa em coisas que não são importantes.  Ás vezes penso porquê?  Porque é que há que fazer tanta coisa? Gostaria de um dia ter uma oportunidade de te dizer o quanto aprecio a tua ajuda em momentos difíceis da minha vida. Gostaria de por algumas horas esquecer-me de tudo o resto e simplesmente fazer nada contigo. 

Essa borboleta sou eu Stella Jurgen-portugal-mileniostadium
Stella, mãe Lavinia e a irmã Marcela. Credito: Stella Jurgen

Tu sempre estiveste comigo e te dedicaste a ensinar-me muitas coisas, menos cozinhar!  E agora, que estamos longe uma da outra, eu sinto que tu estás sempre comigo.  Quando palavras não chegam tu vens nos meus sonhos para me acalmar e para me dar força.  Desde pequena que tu foste forte e eu admiro-te por isso, porque a tua imagem dá-me conforto e tranquilidade.  Eu gostava de desenhar como tu, os teus desenhos de moda inspiraram-me para criar os meus próprios vestidos.  Sempre me fizeste roupas originais e eu me gabava na escola de que tinha um roupeiro cheio de tesouros que tu fizeste para mim e para a minha irmã.  Este foi outro presente mais lindo que me deste, uma irmã para partilhar com ela e crescer com ela.  Durante a minha infância tu consolaste-me para superar a tristeza que sofremos juntas de deixar a nossa família na Argentina e embarcar num futuro estranho noutro país, mas juntas fomos capazes. E fizemos tudo isso outra vez para vir para o Canadá.  Um dia deixei-te para começar a minha vida independente – se calhar foi um pouco cedo, mas esse é o nosso destino para crescer como adultos e penso que fiz o melhor que pude sozinha. 

Eu nunca te deixei, e nunca te vou deixar!  

Agora o teu neto está pronto para se casar e espero que tenhas a oportunidade de estar presente. A vida traz-nos surpresas que não esperamos, mas continuamos a ter esperança de que tudo vai mudar, e sim, vai mudar.  Obrigada mamy por todos os sacrifícios que fizeste pela família, por todas as comidas que preparaste, por todos os fatos artísticos que me fizeste, por sempre fazeres o impossível para estar presente em todas as ocasiões importantes para mim.  E obrigada pelas rezas que me ensinaste. Obrigada por fazeres de mim uma borboleta colorida.  Eu continuo a pensar em ti em cada flor que vejo e já sabes que eu te visito todos os dias no teu jardim, sou eu essa borboleta! Neste Dia da Mãe aqui no Canadá eu desejo que todos celebrem as vossas mães, que se lembrem do amor e sacrifício que cada mãe dá aos seus filhos e que no futuro demos mais valor à vida que a nossa mãe nos deu.  

Stella Jurgen/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER