Temas de CapaBlog

“Apenas 25-30% dos agregados familiares têm um sistema de alarme controlado”

Apenas 25-30% dos agregados-canada-mileniostadium

Os sistemas de segurança doméstica são um grande negócio no Canadá e segundo a IBISWorld, uma empresa privada que fornece estatísticas sobre as indústrias canadianas, este tipo de serviço rende por ano 2,6 mil milhões de dólares. Os números são referentes a 2020 e apontam ainda que a ADT é a maior empresa do mercado nacional, seguida da Vivint. Em comum ambas têm o facto de estarem sediadas nos EUA.

Apesar de tudo, “apenas 25-30% dos agregados familiares [canadianos] têm um sistema de alarme controlado”. Quem o diz é o presidente da Protection Plus, Allan Baum, uma empresa com ADN canadiano que existe desde 1994. Com mais de 25.000 clientes, de acordo com a sua página oficial, o presidente da empresa defende que as pessoas deveriam estar mais sensibilizadas para a questão da segurança porque “muitas pessoas procuram serviços de segurança depois de experimentarem um arrombamento”.

A Protection Plus trabalha em Toronto, na GTHA e nos principais centros do sul de Ontário, incluindo Barrie, Oshawa, Burlington, Mississauga, Hamilton e outros. Mas segundo Baum, a maioria dos clientes residenciais e comerciais encontram-se na GTA.

Milénio Stadium: Há quanto tempo é que estão no mercado e quais são as principais diferenças que nota no mercado de hoje?

Protection Plus: A Protection Plus foi criada em 1994. A minha mulher e eu começámos o negócio fora da nossa casa e tornámo-lo uma empresa que serve todos os dias milhares de clientes em todo o Canadá.  No início muitos canadianos consideravam os sistemas de alarme a melhor defesa para a sua casa ou para a sua empresa. Com o tempo, percebemos que a segurança deveria ser vista como uma abordagem multifacetada e passámos a disponibilizar também câmaras, serralharia, controlo de acesso, intercomunicadores, produtos de películas para janelas, etc. A nossa empresa analisa os requisitos individuais e cria soluções de segurança para satisfazer as necessidades dos clientes de acordo com os seus orçamentos. Nos dias hoje a tecnologia muda muito depressa. O que é novo e revolucionário hoje, amanhã ou na próxima semana já é obsoleto. É importante confiar nas pessoas que estão atualizadas com os últimos tecnologias.

MS: Que tipo de produtos é que vendem?

PP: Trabalhamos com o mercado residencial e comercial e instalamos e monitorizamos sistemas de alarme, câmaras de segurança, sistemas de controlo de acesso, película para janelas, barras de segurança e fornecemos instalação e serviço de serralharia. Somos revendedores autorizados para algumas das empresas mais conhecidas e respeitadas no mercado.

MS: Que tipo de empresas compram os seus produtos?

PP: Ajudamos a proteger todo o tipo de empresas: lojas de retalho; restaurantes; centros comerciais, escritórios, edifícios de escritórios, armazéns, fábricas, escolas, instalações médicas; escritórios em casa; escritórios de membros do Parlamento e embaixadas.

MS: A segurança é uma prioridade para os habitantes de Toronto? 

PP: Apenas 25-30% dos agregados familiares têm um sistema de alarme controlado e uma percentagem mais significativa de empresas tem por causa dos requisitos de seguro. Infelizmente, muitas pessoas procuram serviços de segurança depois de experimentarem um arrombamento, apesar de os serviços de segurança serem dissuasores muito eficazes. Além disso, muitos não vêem o reforço da segurança como uma necessidade. As empresas de seguros oferecem frequentemente descontos para propriedades protegidas, pela simples razão de que funciona. As empresas de seguros podem dar-se ao luxo de oferecer incentivos e ainda lucrar porque, estatisticamente, ter um sistema de alarme monitorizado, detetores de fumo, fechaduras de topo de gama, etc. reduz a dimensão e o número de reclamações de seguros. Definitivamente, é necessária uma maior sensibilização do público.

MS: Vende mais para uma determinada área, como por exemplo a GTA?

PP: A maioria dos nossos clientes residenciais e comerciais encontram-se na GTA, mas estamos em todo o país, sobretudo em lojas de retalho.

Joana Leal/MS 

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER