Temas de Capa

Agape

Agape: uma de diversas palavras gregas que se refere a amor. Diversos filósofos e autores antigos usavam-na para manifestar o amor que sentiam por membros da família, a afinidade por um determinado grupo ou a afeição sentida em relação a uma certa atividade em grupo.

agape-portugal-mileniostadium
Crédito: DR.

Quando usada na Bíblia, refere-se a um amor puro, voluntário e de sacrifício que tem como desejo consciente e intencional o bem mais elevado de outrem. 

Quando, há vários anos, me deparei com esta palavra e com o seu significado pensei: “é exatamente isto! O que eu sinto por ela… e ela por mim!”. Não vos parece também que é a melhor definição do amor que uma mãe tem pelos seus filhos?

Para uma mãe o outro, neste caso o filho/a, está sempre em primeiro lugar – é como que um coração fora do corpo. E não, eu não sou mãe e não falo com conhecimento de causa. Mas falo pelo que sinto – pelo que me é transmitido, pelo que me é mostrado, pelo que me é ensinado. Porque todos os dias – e cada vez mais e melhor – consigo perceber tudo o que a minha mãe é e faz por mim. 

“Leva um casaco que agora não tens mas vais acabar por ter frio”, “mas eu não sou mãe de toda a gente”, ou até mesmo um “isto não é um quarto, é um chiqueiro!”, um “eu avisei-te” ou um “ai, no dia em que eu faltar” são tão famosas “frases de mãe”… Frases que,  mesmo que na altura que as ouvimos até nos possam chatear um bocadinho, o que é certo é que se olharmos para trás e pensarmos na razão e no porquê das mesmas não encontramos nada para além de genuína preocupação e, mais uma vez, amor. Um amor fiel, sincero e que não espera nada em troca, que nos eleva, que nos chama à razão, que nos prepara para a vida, que nos protege mas que também tem o altruísmo de, por muito que custe, dar asas para voar.

Acho que já deu para perceber que, dermos as voltas que dermos, mãe foi, é e sempre será sinónimo de amor. No seu estado mais verdadeiro e puro.

Trago a palavra “agape” tatuada em mim, perto do coração – lugar onde trarei, para sempre, um dos amores incondicionais da minha vida: a minha mãe.

Inês Barbosa/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER