Temas de Capa

A sonhar se vai em frente

A sonhar se  vai em frente-canada-mileniostadium
Créditos: _actually_

O mais importante de quem sonha é ser teimoso, persistente e acreditar que tudo é possível.

Bem pensado os sonhos ajudam a enfrentar a vida.

Quem não sonha não consegue ir em frente. Para tudo os sonhos são das coisas mais importantes na vida de cada um. Na realidade, a coisa mais importante na vida de cada cidadão é acreditar nos próprios sonhos, e se assim não for, que ninguém saia da sua terra para se deslocar para outro país. O sonho de cada um pode deixar de existir depois de experiências negativas, mas a melhor forma é mesmo voltar atrás e recomeçar o sonho que perdeu, sem chegar ao fim. Dizem que os sonhos são cargas de emoção que se armazenam no inconsciente de cada um, que muitas vezes se chega a decisões tomadas pelo facto de um dia ter sonhado com algo que achava poder concretizar. Por exemplo, todos nós chegámos a esta terra com um sonho, todos diferentes, tudo tem a ver com o inconsciente de cada um e de geração para geração as coisas mudam.

Os primeiros a chegar a esta linda terra com mil oportunidades tinham um sonho, que na altura era o certo – todos vinham com a finalidade de conseguir uns trocos para a construção da sua própria casa na terra que os viu nascer. Esse era o sonho da maioria, na altura. As coisas alteraram com o passar do tempo. A realidade do que pensavam obrigou a mudarem os sonhos e, como passaram a sonhar mais alto, outros sonhos foram aparecendo. As decisões foram alterando, os sonhos passaram a ser diferentes, com a qualidade de vida que encontraram e as oportunidades de dar melhor futuro aos seus mais queridos, passaram a sonhar alto, isto é, aproveitar o que este país oferecia de bom. Ainda hoje, há uma percentagem que continua a pensar exatamente da mesma forma, outros sonham que, da noite para o dia, ficam a ver tudo a brilhar. Todo o cidadão que decidiu emigrar foi com um objetivo.

Hoje a maioria dos recém-chegados têm sonhos muito diferentes, não trazem na bagagem o querer o saco cheio. Muito poucos se dedicam ou se esforçam em ter, preferem pouco, mas pensam mais na vida do dia-a-dia. Tenho notado que uma grande maioria fica desiludida com o que encontra, os sonhos que trazem caem em saco roto, nada do que era no passado. Sim continuam a sonhar, mas diferente. Uma grande percentagem vem com sonhos impossíveis de se concretizar, sonham com pétalas de rosas cheias de diamantes e julgam que a vida por estas terras é a que viram nos emigrantes que se deslocaram de férias a Portugal. Esquecem-se que férias e trabalho são duas coisas diferentes. A maioria, depois de verem os emigrantes de férias, fica com a ideia no seu subconsciente que ao chegar cá, vão ter capacidade de ter tudo igual a outros. Nada de errado e merecem, mas há que fazer por isso. Sonhar em ter, mas trabalhar para o ser e ter. Podem ter sonhos brilhantes, mas não se esforçam para ter diamantes.

O Canadá é um país onde se pode sonhar. Tem capacidade e consegue dar vida a qualquer sonhador, mas não chega só sonhar, essa pessoa tem que fazer com que os sonhos se concretizem e, não é com pensamentos negativos ou destrutivos que se consegue chegar ao sonho mais alto. É degrau a degrau e, como se diz em bom português, grão a grão enche a galinha o papo. Continuem a sonhar, mas respeitem quem faz pelos sonhos, isto é, se esforça e sonha alto.

Difícil descrever o sonho que me levou a vir até esta terra, a decisão não foi fácil, mas um dos sonhos e, jovem que era, era fazer o que me era impossível fazer na terra que me viu nascer. Ter algo mais, melhor qualidade de vida. Hoje as diferenças não existem, colocando na balança é difícil conseguir ver as diferenças, dependendo no ponto de vista de cada um, mas, se falarmos em oportunidades esta terra ainda ganha com uma percentagem muito na frente. Para os que se dedicam e aproveitam as oportunidades. Sonhar neste país é muito fácil, agora conseguir concretizar os sonhos já é mais difícil, e quem não é na terra, não é no mar.

Vamos sonhando! A sonhar se vai em frente. Nunca acelere um sonho, a velocidade deve manter-se, se perder um sonho a meio, volte a adormecer e procure o mesmo sonho para lhe ver o fim, nem sempre, mas muitas vezes os sonhos se tornam realidade. Neste país os sonhos conseguem-se concretizar. Continuação de bons sonhos.

Bom fim de semana.

Augusto Bandeira/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER