Portugal

Taxa de desemprego sobe para pior valor desde o final do 1.º ano da pandemia

Construção da Linha Rosa do Metro do Porto
Porto, 05/05/2023 – Duarte Cordeiro, ministro do ambiente e Tiago Braga Presidente do conselho de administração do Metro do Porto visitaram as obras de construção da Estação Hospital de Santo António e o túnel da Linha Rosa.
Pedro Correia / Global Imagens)

 

População desempregada também está a aumentar de forma significativa. O INE estima que no primeiro trimestre havia em Portugal 380,3 mil pessoas sem trabalho, mais 23,3% face ao mesmo trimestre do ano passado.

A taxa de desemprego portuguesa voltou a subir no primeiro trimestre, tendo-se fixado em 7,2% da população ativa no primeiro trimestre desde ano, indicou o Instituto Nacional de Estatística (INE), esta quarta-feira. É preciso recuar ao final de 2020, em plena pandemia, para encontrar um valor pior (7,3% no último trimestre desse ano).

De acordo com o novo inquérito ao emprego do INE, o peso do desemprego subiu 0,7 pontos percentuais no primeiro trimestre face ao precedente, repetindo o agravamento anterior. Ou seja, em apenas dois trimestres a taxa de desemprego saltou de 5,8% para os atuais 7,2%.

Há um ano, no primeiro trimestre de 2022, a taxa de desemprego estava nos 5,9%.

A população desempregada também está a aumentar de forma significativa. O INE estima que no primeiro trimestre havia, em Portugal, 380,3 mil pessoas sem trabalho, mais 23,3% face ao mesmo trimestre do ano passado e mais 11% face ao quarto trimestre de 2022.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER