Portugal

Task force apela a utentes sem segunda dose para usarem “casa aberta”

Task force apela a utentes sem segunda dose para usarem "casa aberta" - milenio stadium - portugal
O vice-almirante e coordenador da task-force para a vacinação, Gouveia e Melo, na sala de operações da sede em Carcavelos, Oeiras, 02 de setembro de 2021. (ACOMPANHA TEXTO DA LUSA DE 04 SETEMBRO 2021). TIAGO PETINGA/LUSA

A task force que coordena o processo de vacinação contra a covid-19 apelou, esta terça-feira, para que todas as pessoas que ainda não receberam a segunda dose se dirijam a qualquer centro de vacinação, recorrendo à modalidade “casa aberta”.

“Atualmente, existindo um ritmo de vacinação mais reduzido (uma vez que a maioria da população já se encontra vacinada) e maior disponibilidade de vacinas, as segundas doses podem ocorrer num centro de vacinação diferente do local onde foi administrada a primeira dose. Dirija-se a um centro e vacine-se, as vacinas contra a Covid-19 são seguras e eficazes. Só juntos e com sentido de responsabilidade individual e comunitário será possível vencer este vírus”, refere uma nota da task force, que relembra que a modalidade “Casa Aberta” está a funcionar sem restrições de faixas etárias nem de local de residência dos utentes.

Os horários da modalidade “Casa Aberta” encontram-se disponíveis em https://covid19.min-saude.pt/casa_aberta/.

Segundo relatório da vacinação divulgado esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), 83% da população já concluiu a vacinação contra o vírus SARS-CoV-2 e 86% – quase 8,9 milhões de pessoas – já tem pelo menos uma dose da vacina.

JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER