Opinião

Morreu cristão espancado após ser acusado de blasfémia no Paquistão

Um cristão que foi brutalmente espancado por uma multidão enfurecida no Paquistão após ter sido acusado de blasfémia, morreu esta segunda-feira no hospital devido aos ferimentos, quase duas semanas após o ataque.

A vítima foi atacada em 25 de maio por uma multidão que invadiu duas casas de cristãos na cidade de Sargodha, após os moradores terem sido acusados de ter incendiado páginas do Corão, livro sagrado dos muçulmanos.

Nazir Masih. Crédito: ecspe.org

O homem “sucumbiu aos ferimentos durante a manhã” desta segunda-feira no hospital militar da cidade de Rawalpindi, na província de Punjab, onde estava internado, disse à agência de notícias EFE um porta-voz da polícia regional de Sargodha, que pediu anonimato.

Segundo a fonte, o homem sofreu “ferimentos graves na cabeça”. A vítima mortal é Nazir Masih, que foi agredido com o filho, enquanto outros dez membros da sua família foram resgatados pela polícia e levados para local mais seguro. O filho de Masih já recebeu alta hospitalar. Mais de 30 pessoas foram detidas pelo linchamento, segundo a polícia, que registou dois casos: um por alegada blasfémia e outro por violência.

Queimar páginas do Corão é considerado blasfémia e um crime que pode levar à pena de morte neste país de maioria islâmica. No entanto, até ao momento ninguém foi executado no Paquistão por esse motivo. Acusações de blasfémia são comuns no Paquistão e, às vezes, utilizadas pelas pessoas para acertar problemas pessoais.

Em agosto de 2023, milhares de pessoas incendiaram igrejas e casas cristãs no Punjab depois de residentes locais terem acusado um jovem pertencente à minoria cristã de cometer blasfémia. Também em dezembro de 2021, um grupo executou e depois incendiou o corpo de um homem na cidade de Sialkot, no nordeste do Sri Lanka, por alegada blasfémia.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

O Facebook/Instagram bloqueou os orgão de comunicação social no Canadá.

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER