Augusto Bandeira

Tudo azul…

tudo azul - milenio stadium

 

Aos 16 anos tinha 50 libras no bolso. Aos 52 é o CEO da empresa Douro Azul, entre outras, e é o primeiro português a ir ao Espaço.

Cresceu no Porto, mais propriamente em Matosinhos. Na altura, só via navios e o seu pai a trabalhar no porto de Leixões. O pobre, até aos 16 anos, só via navios. Claro que, mais tarde, meteu-se dentro de um e virou o que é hoje. Como se sabe foi para Londres trabalhar como empregado de mesa, em pouco tempo passou a gerente, mais tarde com a febre dos navios vai trabalhar para a Cunnard, era das maiores empresas de cruzeiros do mundo, conhecida pelos famosos cruzeiros de luxo. Como nunca há duas sem três, nesse mesmo navio em que trabalhava a sorte caiu-lhe nas mãos. Conheceu um dos herdeiros da família Rayford, uma família norte- americana muito rica, segundo se consta, na altura com ligações à farmacêutica. A rica apaixonou-se pelo pobre. A primeira vez que visita Portugal, mais apaixonada ficou, de tal modo que lhe encheu os bolsos de dinheiro, porque nada cai do céu, como tudo na vida, ou se tem ajuda para começar, ou se herda etc.. Com tanto gosto por navios, um dia decide regressar a Portugal e começou por abrir restaurantes, mas demorou pouco tempo para fundar a hoje emblemática empresa Douro Azul. É isso mesmo, tudo azul.

Em poucos anos tornou-se um dos 20 mais ricos de Portugal, uma das últimas aquisições é um navio hotel com 65 quartos que deve chegar em breve às águas do Douro. Mas isto não é nada, vai ser o primeiro português a ir ao espaço. Nós cidadãos perguntamos, como foi assim tão fácil chegar em tão pouco tempo onde chegou, se partiu para Londres com apenas 50 libras no bolso, atenção aos 16 anos, e hoje é só milhões. Como se diz em bom português… estudasses! Mas este não foi o caso porque na altura da partida abandonou os estudos, mas não se esqueceu da matemática, porque em negócios a matemática, a visão e não ter medo de crescer ajuda, sem esquecer arriscar. E uma coisa que ele deve saber bem é fazer negócios esquema sanduíche, segundo noticias recentes, é de facto um habilidoso, consegue vender-se a si próprio e ter um reembolso de milhões, mais tarde consegue vender pelo dobro. Isto é assim, ele ou sabe ou tem quem sabe, só que nos dias de hoje já não é tão fácil como em anos de glórias, as novas tecnologias vieram para ajudar, mas também para prejudicar em certos aspetos. Hoje não é muito fácil usar um esquema sanduiche para fugir aos impostos como era no passado e, nos dias que correm há muitos empresários a serem perseguidos. Este como, em pouco tempo, mostrou riqueza acima da média, são empresas por todo lado, até passou a dono da TVI.

Os fiscalizadores europeus andaram da perna para tentar descobrir os segredos de tanto sucesso, embora o Sr. Diga que sabe delegar e confiar, ele só vai levantar, porque em breve vai mesmo levantar 100 km acima do mar. Será o primeiro português a ir ao espaço em apenas, segundo dizem, por 11 minutos. Vai custar uma fortuna. Será que o Estado lhe perdoou, ou vai perdoar mais uns milhões? Andam os presidentes da Republica a condecorar senhores que nada ou pouco mais sabem fazer se não enganar o próximo… “Quem cabritos vende e cabras não tem…”, mas Deus o ajude.

Faz de tudo, porque foi um dos empresários mais atentos durante a pandemia, para com o Banco Alimentar contra a Fome do Porto. Tanto se condecora como se faz uma homenagem. Ele como sócio honorário esteve muito atento à instituição durante a pandemia, por isso vai ser homenageado em Perafita. Tudo serve, mas por favor não tapem o sol com uma peneira.

Meus caros leitores, que Deus os ajude e a nós que não nos desampare. Eu admiro os empresários de alma e coração, que se dedicam, que lutam pelo melhor, mas que ao mesmo tempo sejam honestos para com suas nações que os viram crescer. Que não se descubra mais um, como recentemente se têm descoberto habilidosos aos montes, por todo lado.

Bom fim de semana e continuem a trabalhar, o trabalho dá saúde.

Augusto Bandeira/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER