UcrâniaBlogPortugal

“Obrigado, amigo Portugal”. Zelensky agradece a Costa em visita a Kiev

milenio stadium - UKRAINE-RUSSIA-CONFLICT-DIPLOMACY-PORTUGAL
Ukrainian President Volodymyr Zelensky (R) shakes hand with Portugal’s Prime minister Antonio Costa after a press-conference in Kyiv, on May 21, 2022. (Photo by Sergei SUPINSKY / AFP)

 

O primeiro-ministro português, António Costa, desloca-se este sábado à Ucrânia, para reunir com o presidente Volodymy Zelensky. Entretanto, a Rússia cumpriu a ameaça e anunciou a suspensão do financiamento de gás à Ucrânia, em retaliação ao pedido de adesão à NATO.

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky reuniu com o primeiro-ministro português, António Costa, e descreveu a reunião como “importante e significativa”. Os líderes discutiram “mais assistência à defesa, o sexto pacote de sanções contra a Rússia, o julgamento de criminosos de guerra, a integração europeia e a reconstrução da Ucrânia no pós-guerra. Obrigado amigo Portugal pelo vosso apoio!”, escreveu Zelensky no Telegram.

Costa disse que Portugal está “inequivocamente” com a Ucrânia e está “comprometido em aprofundar ainda mais o nosso apoio humanitário, financeiro e militar”.

 

Costa assina em Kiev acordo para apoio financeiro de 250 milhões

O primeiro-ministro, António Costa, assinou, no final de uma reunião com o seu homólogo ucraniano, Denys Shmyhal, um acordo para a concessão de um apoio financeiro de 250 milhões euros à Ucrânia.

António Costa esteve reunido com o primeiro-ministro ucraniano, depois de ter sido recebido pelo chefe de Estado, Volodymyr Zelensky, com quem também deu uma conferência de imprensa conjunta, e antes de visitar a embaixada de Portugal em Kiev.

“No encontro com Denys Shmyhal, António Costa anunciou que Portugal irá conceder um apoio financeiro de 250 milhões de euros à Ucrânia, “respondendo ao pedido do governo ucraniano”. “Formalizámos este importante compromisso através da assinatura de um acordo de cooperação financeira”, referiu o líder do executivo português.

Costa afirma que Portugal vai dar apoio técnico a Kiev para aderir à União Europeia

O primeiro-ministro afirmou hoje que Portugal vai dar apoio técnico à Ucrânia para o seu processo de adesão à União Europeia e salientou que a opção europeia de Kiev deve ser acolhida “de braços abertos”.

Esta colaboração entre os dois países foi anunciada por António Costa numa conferência de imprensa conjunta com o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, em Kiev, depois de uma reunião entre ambos que demorou mais de uma hora.

O líder do executivo português adiantou que, para desenvolver esse programa de cooperação, em junho, estará em Lisboa o chefe de gabinete adjunto do Presidente Volodymyr Zelensky.

Portugal disponível para reconstruir escolas ou uma zona territorial

O primeiro-ministro, António Costa, manifestou hoje a disponibilidade de Portugal para participar num programa de reconstrução de escolas e jardins de infância da Ucrânia ou patrocinar a reconstrução de uma zona territorial a indicar pelas autoridades ucranianas.

António Costa falava numa conferência de imprensa conjunta com o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, em Kiev, depois de uma reunião entre ambos que demorou mais de uma hora.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER