Mundo

OMS aprova uso de emergência da vacina chinesa Coronavac

(FILES) In this file photo taken on February 23, 2021, vials of the CoronaVac vaccine, developed by China’s Sinovac firm, are displayed in Bangkok, as the first batch of vaccines to battle the Covid-19 coronavirus arrive in the kingdom. – The Chinese covid-19 vaccine CoronaVac reduced mortality from covid-19 by 97%, according to preliminary results of a study published on May 28, 2021 among the Uruguayan population. (Photo by Lillian SUWANRUMPHA / AFP)

A Organização Mundial da Saúde aprovou, nesta terça-feira, o uso da vacina chinesa CoronaVac, do laboratório Sinovac, na prevenção da covid-19.

O comité de especialistas em vacinas da OMS recomendou esta vacina, que requer duas doses com intervalo de duas a quatro semanas, para pessoas com 18 anos de idade ou mais. A vacina CoronaVac já é aplicada em 22 países e territórios, segundo dados recolhidos pela AFP. Além da China, é usada no Brasil, Tunísia, Chile, Indonésia, México, Tailândia e Turquia, entre outros.

Este é o segundo imunizante chinês aprovado pela OMS, e a partir de agora também poderá ser usado pelo dispositivo internacional Covax de distribuição de vacinas anticovid, principalmente em países desfavorecidos.

“O mundo precisa desesperadamente de várias vacinas anticovid-19 para enfrentar as enormes desigualdades em todo o planeta”, declarou Mariangela Simao, vice-diretora-geral da OMS encarregada do acesso aos medicamentos e aos produtos de saúde.

A 7 de maio, a OMS aprovou a vacina da Sinopharm, fabricada em Pequim.

A eficácia da CoronaVac para prevenir os casos de covid-19 sintomáticos é de 57%, mas tem uma eficácia de 100% para evitar casos graves e hospitalizações nas populações estudadas, segundo a OMS. A eficácia em maiores de 60 anos não foi estudada.

JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER