Mundo

Novo grupo de extrema-direita ocupa 84 lugares no Parlamento Europeu

Deputados eleitos pelo Chega em Portugal vão integrar o grupo. Sebastien Bozon / AFP

O Patriotas pela Europa, grupo político de extrema-direita recentemente criado no Parlamento Europeu (PE), vai ser constituído por 84 eurodeputados, incluindo os dois eleitos pelo Chega, assim como pela generalidade dos partidos radicais europeus.

De acordo com uma publicação na rede social X (antigo Twitter), o secretário de Estado da Comunicação Internacional da Hungria, Zoltan Kovacs, anunciou que o Patriotas pela Europa vai integrar 84 eurodeputados.

A confirmar-se, este novo grupo de extrema-direita vai ser a terceira força política no PE. Às 16:05 locais (15:05 em Lisboa), a página oficial do Parlamento Europeu ainda não tinha atualizado os resultados ou assinalado a criação deste grupo.

O governante do executivo de Viktor Orbán anunciou que vão integrar o Patriotas pela Europa os dois deputados eleitos pelo Chega em Portugal, os seis eleitos pelo Vox de Santiago Abascal, a Liga italiana de Matteo Salvini, o Partido pela Liberdade (PVV) dos Países Baixos e de Geert Wilders e os 30 deputados da União Nacional em França, o partido de Marine Le Pen e presidido por Jordan Bardella.

A ideia surgiu através do primeiro-ministro húngaro e os 11 eurodeputados do Fidesz estão representados neste novo grupo, que é na prática uma transposição de quase todos os partidos que estavam no Identidade e Democracia (ID).

JN/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

O Facebook/Instagram bloqueou os orgão de comunicação social no Canadá.

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER